DOL Carajás
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
SEMANA QUE VEM

Marabá abre novos pontos fixos e itinerantes de vacinação

Visando ampliar e finalizar as etapas de vacinação contra a Covid-19, Marabá terá novos pontos para imunização, confira aqui os locais

sexta-feira, 12/11/2021, 15:39 - Atualizado em 13/11/2021, 12:41 - Autor: Ascom PMM


Imagem ilustrativa da notícia Marabá abre novos pontos fixos e itinerantes de vacinação
| Reprodução PMM

Neste sábado (13), de 8 às 12 horas, na Escola Elinda Simplício Costa, no bairro Laranjeiras, junto com a ação do Governo do Estado, a Secretaria de Saúde fará a vacinação contra a covid-19 para todas as doses.

E nos dias 16 a 19 de novembro, a vacinação contra a covid-19 para as 1ª, 2ª e 3ª doses, será realizada no Shopping Partage, de 10 às 17 horas, e de forma itinerante nos bairros Francolândia, Residencial Magalhães, Vale Itacaiunas e Bela Vista, de 8 às 17 horas, que será anunciado com ajuda do carro som nos locais.

Cronograma

Terça-feira (16/10) – Francolândia – Escola Evandro Viana

Quarta-feira (17/10) – Residencial Magalhães – Barracão Igreja Assembleia de Deus Madureira

Quinta-feira (18/10) – Vale Itacaiunas – em frente ao Carro chefe

Sexta-feira (19/10) – Bela Vista – em frente ao Mercado Nacional Alimentos

Lembrando que na sexta-feira (19), a vacinação das 1ª, 2ª e 3ª doses acontece também em todas as Unidades Básicas de Saúde da zona urbana, de 8 às 17 horas.

 

Neste sábado (13), de 8 às 12 horas, vacinação acontecena Escola Elinda Simplício Costa, no bairro Laranjeiras
Neste sábado (13), de 8 às 12 horas, vacinação acontecena Escola Elinda Simplício Costa, no bairro Laranjeiras | Reprodução
 

1ª dose

A primeira dose é aplicada em pessoas acima de 12 anos, incluindo todas os grupos chamados em etapas anteriores, entre eles as grávidas e puérperas (precisam apresentar atestado médico). Documentos necessários são RG, CPF, comprovante de residência, cartão sus e declaração. Pessoas entre 12 a 17 anos precisam estar acompanhadas de um responsável legal.

Declaração que pode ser baixada aqui

2ª dose

Pessoas com a 2ª dose atrasada devem procurar os locais de vacinação para completar o ciclo vacinal e garantir a imunização. Quem tiver 8 semanas completos da 1ª dose de pfizer e astrazeneca podem antecipar a 2ª dose. Para esse público basta apresentar cartão SUS, CPF, carteira de vacinação e declaração.

 

Nos dias 16 a 19 de novembro, a vacinação contra a covid-19 para as 1ª, 2ª e 3ª doses, será realizada no Shopping Partage, de 10 às 17 horas
Nos dias 16 a 19 de novembro, a vacinação contra a covid-19 para as 1ª, 2ª e 3ª doses, será realizada no Shopping Partage, de 10 às 17 horas | Reprodução PMM
 

Viajantes Internacionais

Além disso, pessoas que vão viajar para destinos internacionais poderão antecipar a 2ª dose dos imunizantes, sendo preciso intervalo mínimo de 21 dias da 1ª dose de Pfizer e 28 dias da 1ª dose da Astrazeneca. Os viajantes internacionais, que tomaram as duas doses de Coronavac, poderão receber a terceira dose de outro imunizante, desde que tenham intervalo mínimo de 28 dias da 2ª dose. Lembrando que é necessário apresentar comprovação da viagem internacional. As orientações podem ser estendidas a outros familiares (pai, mãe, filhos e cônjuges) sendo comprovada a viagem ao exterior.

3ª dose

A Prefeitura de Marabá, por meio da Secretaria de Saúde do município, em cumprimento a nota técnica nº 05/2021/SESPA, aplicará a 3ª dose da vacina em todas as pessoas com mais de 18 anos que tenham 06 meses completos de intervalo da 2ª dose.  Para esse público basta apresentar cartão SUS, CPF, carteira de vacinação e declaração. A outra categoria são os imunossuprimidos, desde que estejam com 28 dias completos da 2ª dose, que deve apresentar também atestado ou laudo médico especificando o motivo da vacinação.

São considerados imunossuprimidos, pessoas com o sistema imune deficiente seja por um doença congênita ou outras condições, a exemplo de pacientes em tratamento oncológico, em hemodiálise, transplantados, com HIV/AIDS e ainda pacientes com imunodeficiência primária grave e pessoas que fazem uso dos seguintes medicamentos: Metotrexato, Leflunomida, Micofenolato de mofetila, Azatripina, Ciclofosfamida, Ciclosporina, Tacrolimus, Mercaptopurina, Infliximabe, Etanercept, Humira, Adalimumabe, Tocilizumabe, Canakinumabe, Golimumabe, Certolizumabe e Abatacepte.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)