DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
1º DE DEZEMBRO

Em meio à Covid-19, luta contra a Aids ainda continua

Lembrado neste dia 1º de Dezembro, Dia Mundial de Combate à Aids terá diversas ações voltadas à prevenção

terça-feira, 30/11/2021, 16:40 - Atualizado em 30/11/2021, 16:40 - Autor: DOL Carajás

Google News

CTA em Marabá fará diversas ações voltadas ao Dezembro Vermelho
CTA em Marabá fará diversas ações voltadas ao Dezembro Vermelho | Reprodução PMM

O Dia Mundial de Combate à AIDS internacionalmente definido como o dia 1° de dezembro, é uma data voltada para que o mundo una forças para a conscientização sobre a Síndrome da imunodeficiência adquirida. Desde o final dos anos 80, tal dia vigora no calendário de milhares de pessoas ao redor do mundo.

É um de 8 dias relacionados com a saúde celebrados a nível global (Dia Mundial da Saúde, Dia Mundial do Dador de Órgãos, Dia Mundial da Imunização, Dia Mundial da Tuberculose, Dia Mundial sem Tabaco, Dia Mundial da Malária e Dia Mundial contra as Hepatites). A entidade responsável é a Organização Mundial de Saúde.

Em função da data, durante todo este mês ocorrem em Marabá programações desenvolvidas pelo Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) Serviço de Atendimento Especializado (CTA/SAE).

A Aids é uma doença causada pelo vírus HIV, geralmente por contato sexual desprotegido com pessoa contaminada, mas pode ser também transmitida por transfusão sanguínea e compartilhamento de objetos perfurocortantes. Diferentemente do que muitos pensam, ser HIV positivo não é o mesmo que ter Aids. A Aids é o estágio mais avançado da doença, quando o sistema imunológico encontra-se bem debilitado.     

Dados do CTA apontam que de janeiro a outubro do ano passado foram registrados 200 novos casos de HIV em Marabá e 18 municípios da região, sendo que 123 em homens e 69 em mulheres. Dos 69 casos, 39 são de Marabá. O número é menor que o mesmo período de 2019, ocasião em que foram contabilizados 314 novos casos.     

Em 2021, são 190 novos casos de HIV, que estão sendo acompanhados, com maior porcentagem ainda entre o público masculino, com 63,2% dos casos, contra 36,8% em mulheres. Dos municípios da região, Marabá é o que tem o maior número de diagnósticos, seguido por Dom Eliseu e São Geraldo do Araguaia.

A faixa etária entre 26 e 35 anos é a que mais tem sido diagnosticada com o soro positivo para o HIV, são 64 pessoas infectadas. Na sequência, os dados mostram que adultos entre 36 a 45 anos não têm se cuidado, com 54 casos descobertos. Os jovens de 19 a 25 anos aparecem em 29 casos e pessoas entre 46 a 59 anos, com 26.

 

Em 2021, são 190 novos casos de HIV, que estão sendo acompanhados, com maior porcentagem ainda entre o público masculino, com 63,2% dos casos
Em 2021, são 190 novos casos de HIV, que estão sendo acompanhados, com maior porcentagem ainda entre o público masculino, com 63,2% dos casos | Reprodução
 

“Não é só um número, um dado, isso reflete no rompimento de uma cadeia de transmissão do HIV. Uma vez em que nós diagnosticamos uma pessoa com HIV, ao inserirmos ela no programa inicia-se um tratamento, a supressão de carga viral. Essa pessoa terá uma qualidade de vida melhor, ela terá o alcance das parcerias sexuais, das pessoas as quais ela teve relação e encaminhar para a unidade ter alcance dessas outras pessoas e assim chegar ao diagnóstico. Ao identificarmos um caso reagente de HIV, teremos um alcance bem maior. Vai além, não é só daquela pessoa”, explica Katiane.

Tratamento e diagnóstico HIV

O HIV é tratado com anti-retrovirais, medicamentos que têm objetivo de inibir a multiplicação do vírus do HIV no organismo.

 

Katiane Chaves, diretora do SAE/CTA, explica que o passeio ciclístico terá saída às 06h30 da manhã, de frente à Praça da Prefeitura neste sábado (4)
Katiane Chaves, diretora do SAE/CTA, explica que o passeio ciclístico terá saída às 06h30 da manhã, de frente à Praça da Prefeitura neste sábado (4) | Reprodução PMM
 

Há 15 anos, a enfermeira Cícera Lima trabalha dando assistência às pessoas diagnosticadas, que buscam o atendimento no SAE/CTA. O serviço oferece medicamentos, atendimento em enfermagem, médico, psicólogo, serviço social, além de atendimento ao público em geral com a realização de exames para diagnóstico de outras IST’s, como a Sífilis e as Hepatites. Cícera explica que o atendimento é feito desde a entrega do resultado e vai sendo moldada de acordo com a reação de cada cliente.

CORRIDA

Com o tema “HIV/Aids: atenção, cuidado e proteção”, o Serviço de Atendimento Especializado e o Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA) visa chamar atenção da população para a campanha Dezembro Vermelho 2021. A programação oficial inicia, no próximo dia 04 (sábado), com o 2º passeio ciclístico e deve se estender até o dia 19 com ações itinerantes pela cidade.

Para fazer a inscrição na corrida clique aqui.

Katiane Chaves, diretora do SAE/CTA, explica que o passeio ciclístico terá saída às 06h30 da manhã, de frente à Praça da Prefeitura, Nova Marabá, rumo à Praça São Félix de Valois, na Marabá Pioneira, onde haverá apresentação da banda Casa da Cultura, ginástica para mulheres, testagem rápida, distribuição de preservativo e orientação em relação à atenção, cuidado e proteção contra o HIV, Aids e outras IST’s (infecções sexualmente transmissíveis). A programação do dia finaliza com um café da manhã.

 

|
 

“Tudo isso pra chamar a atenção para a importância da promoção, prevenção e o diagnóstico do HIV/Aids. A prevenção é a palavra-chave. O uso do preservativo em todo e qualquer ato sexual é muito importante e com certeza com esse procedimento de prevenção a gente evita contrair as IST ‘s uma gravidez indesejada” enfatiza a diretora. (Ascom PMM)

 

|
 



Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)