DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
VACINAÇÃO

Marabá inicia aplicação da 4º dose contra a Covid-19

Nas Unidades Básicas de Saúde, a vacinação ocorre de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h

sexta-feira, 18/03/2022, 09:34 - Atualizado em 18/03/2022, 16:37 - Autor: DOL Carajás com Ascom Marabá

Google News

Postos de saúde de Marabá já começam a aplicar a quarta dose do imunizante
Postos de saúde de Marabá já começam a aplicar a quarta dose do imunizante | Reprodução

A Secretaria Municipal de Saúde inicia a vacinação da 4º dose contra a Covid-19 para profissionais de saúde, idosos  e indivíduos imunocomprometidos, de 12 anos ou mais. A aplicação da 4º dose deve ocorrer quatro meses após a aplicação da 3º dose, conforme Nota Técnica Nº 02/2022/Sespa.

“Hoje nosso município iniciou a  vacinação da 4º dose que veio disponibilizada pelo Ministério da Saúde. É uma dose para aquelas pessoas que já tomaram o esquema primário (1º e 2º), completaram 4 meses e tomaram a terceira dose, e agora, após mais 4 meses, devem tomar a quarta dose. Essa dose está disponível nas Unidades Básicas de Saúde para os públicos-alvos”, explica Fernando Gomes, coordenador de imunização da SMS, explicando a necessidade de mais uma dose do imunizante.

“A cada momento aparecem novas cepas. A quarta dose já vem atualizada para essas cepas. Então para se prevenir é bom estar vacinado com a vacina atualizada. Corpo desse público deve estar imunizado para chegada de nessas novas cepas que têm ocorrido em várias regiões do Brasil e do mundo”, reforça.

Veja também!

Caixa começa a pagar parcela de março do Auxílio Brasil

Diretoria do Águia convoca torcedores para o jogo de sábado

Jovem é executado a tiros em crime cercado em mistério

Nas Unidades Básicas de Saúde, a vacinação ocorre de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h. “É só chegar, preencher a declaração que está disponível na UBS, trazer a carteirinha de vacinação e o cartão SUS. Temos todas as doses disponíveis”, comenta Ocilda Ribeiro Barros, gerente da UBS Pedro Cavalcante.

Ela comenta também que, nos últimos dias, houve aumento na procura das vacinas e reforça o apelo para que as pessoas completem o esquema vacinal. “A procura tem aumentado para a terceira dose, a pediatra também tem tido um crescimento de uma procura que vinha muito baixa. Que as pessoas procurem às UBS para fazer a imunização para acabar com essa pandemia”, convida.

O gerente comercial Miguel Sousa tomou a 3º dose da vacina e conta que já sofreu muito com a doença. “Já peguei Covid, passei muito mal. Minha filha ligou para o SAMU, me levaram para o HMM. Eu delirava, não respirava, passei 15 dias, e graças a Deus sobrevivi. Perdi uma irmã em Manaus, naquela febre que teve lá”. Por isso, ele recomenda não deixar de tomar todas as doses que forem recomendadas “Quando estava com Covid eu ouvia falar ‘vacina daqui a um ano’ e hoje graça a Deus tô tomando a 3º dose. Tenho amigos que não se vacinam, se eu não tivesse me vacinado e pegasse de novo, talvez não estivesse aqui. Então vamos vacinar para estarmos precavidos”, faz o apelo.

OUTRAS VACINAS

Neste momento, a maioria das vacinas para outras doenças continuam disponíveis nos postos de saúde, com exceção da tríplice viral, que atua contra sarampo, caxumba e rubéola. O município aguarda novas remessas da vacina que são responsabilidade do Ministério da Saúde, que passa para a Secretaria de Saúde do Estado que disponibiliza para os municípios. “Estamos aguardando o Ministério da Saúde que passa para a Sespa, que envia para o município. Eles informaram que a qualquer momento pode chegar, mas neste momento estamos em falta, justificaram que é devido à grande demanda de algumas vacinas que têm dificultado a produção de outras”, revela Fernando.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)