DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
SAIBA O MOTIVO!

Henrique, da dupla com Juliano, é procurado pela Justiça

Vítima realizou um boletim de ocorrência e o caso foi registrado na Polícia Civil

segunda-feira, 09/05/2022, 16:44 - Atualizado em 09/05/2022, 17:09 - Autor: Com informações Folha Vitória

Google News

Cantor está sendo procurado há quatro anos pela justiça
Cantor está sendo procurado há quatro anos pela justiça | Reprodução

Eita! O cantor Henrique, da dupla com Juliano, está sendo procurado pela Justiça há quase quatro anos. Segundo informações obtidas pela colunista Cíntia Lima, a vítima é Thiago Martins da Silvia, um técnico em aparelhos de ar-condicionado e aquecedores. Ele teria relatado à polícia em julho de 2018 que o sertanejo o agrediu durante uma festa de aniversário da cantora Marília Mendonça.

"Fui abrir a galeria de fotos, um deles tomou o celular da minha mão, me desferiu um soco na boca. Apareceu o Henrique que, ao invés de apartar, me enforcou com muita força, deu soco na cara, passou a mão no meu rosto, me mostrou o sangue e me chamou de otário."

Na época, a vítima realizou um boletim de ocorrência e o caso foi registrado na Polícia Civil. Thiago teria denunciado que foi agredido no fim da comemoração, por volta das seis horas, pelo cantor Henrique e mais seis pessoas por acreditarem que ele estaria filmando o evento. No entanto, o delegado Antônio André Santos Júnior afirmou que nenhuma das testemunhas ouvidas disseram ter visto a briga.

 

Henrique e Juliano
Henrique e Juliano | Reprodução
 

"O que temos de elementos, de indícios, que podem indicar a autoria da agressão é o depoimento da vítima e as lesões apresentadas por ele, e a fala de uma moça que afirma que, em um dado momento da festa, Henrique havia pedido gelo após um tumulto. No entanto, nenhuma testemunha viu o Henrique agredindo o técnico. A vítima teve ferimentos no rosto. Ele foi submetido a exame médico que constatou sinais de lesão na boca e no nariz, mas ainda não tem comprovação que, realmente, as lesões na face ocorreram na festa."

Thiago também teria relatado que após ser agredido, precisou correr e fugir do local. Durante a fuga, ele se escondeu na mata, ligou para esposa, viu três homens o perseguirem com lanternas, mas conseguiu pular o muro e ir a pé até a delegacia, pois conhecia bem o local. Ainda em depoimento, o técnico contou que chegou a urinar na roupa por conta das agressões, nervosismo e medo.

A coluna conseguiu as informações de que a vítima abriu dois processos contra o cantor Henrique, um na esfera criminal e outro na esfera cível. Criminalmente, por não possuir antecedentes criminais, o cantor conseguiu um acordo e teria pago a quantia de sete mil dos cinquenta mil reais pedidos na ação, encerrando assim o processo. Enquanto isso, na esfera cível, o processo segue correndo em sigilo de justiça. O valor pedido seria o mesmo do criminal, mas Henrique nunca apareceu.

Veja também:

Cantor sertanejo e mais 5 morrem em acidente de ônibus

Irmão de Marília Mendonça surge abalado com morte de cantor

Durante esse período, a Justiça tentou entrar em contato com o sertanejo de diversas maneiras e as intimações solicitando o seu comparecimento em juízo não deram resultado. Essas intimações foram enviadas para diferentes endereços, inclusive da empresa da dupla em Goiânia, mas sem sucesso. 

Agora, um novo endereço foi obtido e será enviada uma Carta Precatória para uma fazenda no estado de Tocantins que pertenceria ao cantor. Caso o sertanejo continue não se apresentando, o juiz deverá dar sua sentença e condenar o cantor concluindo que tudo que a vítima contou é verdade.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)