DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
SURTO DE COVID-19

Globo encerra gravações no Pantanal às pressas 

A emissora decidiu encerrar os trabalhos antes do previsto.

terça-feira, 14/06/2022, 18:01 - Atualizado em 14/06/2022, 18:12 - Autor: Com informações Notícias da TV

Google News

Entre os atores infectados estão Jesuita Barbosa; Dira Paes e Marcos Palmeira
Entre os atores infectados estão Jesuita Barbosa; Dira Paes e Marcos Palmeira | Reprodução

A Globo antecipou em três semanas o fim das gravações de Pantanal em Mato Grosso do Sul por causa de casos de Covid entre os atores. O elenco, que viajou para lá na semana do dia 11 de maio, ficaria gravando no Pantanal até 9 de julho. A emissora, no entanto, decidiu encerrar os trabalhos antes do previsto.

"Os Estúdios Globo estão acompanhando o desdobramento e os impactos da Covid-19 e, sempre que necessário e de acordo com as melhores práticas das áreas de saúde, revisita e atualiza os protocolos para viabilizar o trabalho nos sets com segurança para todos os envolvidos. No Pantanal, as gravações, que já estavam em sua reta final, foram readequadas", informou a Comunicação da Globo ao Notícias da TV.

 

Alanis Guillen é Juma, em Pantanal: Globo antecipou fim das gravações por causa de casos de Covid
Alanis Guillen é Juma, em Pantanal: Globo antecipou fim das gravações por causa de casos de Covid | Reprodução
 

Por causa do aumento dos casos de Covid entre o elenco, os atores voltarão do Pantanal no domingo (19), quando já estarão liberados da quarentena. Marcos Palmeira, Dira Paes, Jesuita Barbosa e Gabriel Sater estão entre os infectados. 

O protocolo para Covid-19 adotado nas gravações de Pantanal é bastante rigoroso e segue regras estabelecidas no período da pandemia. O elenco é dividido em núcleos, e as filmagens acontecem em diferentes frentes. Cada núcleo que vai gravar é testado antes. Em caso de algum resultado positivo, aquele grupo não grava e as demais filmagens previstas com outros atores seguem o cronograma normal. 

A abreviação também atendeu a dois pontos importantes no caso de Pantanal. O próprio elenco preferia a adequação, já que é mais seguro gravar em estúdios, com protocolos ainda mais rígidos de controle contra a doença. A Globo concordou com a solicitação, por mais cuidado que se tivesse em Mato Grosso do Sul.  

Veja também:

Juma morre? Tragédia assusta José Lucas e revolta Jove

José Leôncio promove guerra entre os herdeiros por herança 

Além disso, a Globo temia ter que estender o tempo de gravações no local se muitos grupos fossem infectados com a doença, o que atrapalharia o cronograma de gravações e aumentaria mais o custo financeiro da trama de Bruno Luperi. A reta final poderia ser bastante prejudicada nesse sentido. 


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)