plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 28°
cotação atual R$


home
VEJA A UTILIDADE!

Simulador virtual vai imitar como humanos digitam no celular

O novo modelo distingue o modo de digitar entre usuários mais jovens e mais velhos e imita até a digitação com uma ou duas mãos

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Simulador virtual vai imitar como humanos digitam no celular camera O modelo de digitação preditiva pode distinguir entre diferentes modos de usar o teclado do celular, seja com uma mão ou duas | Shutterstock/ Tero Vesalainen

Desde o ano de 1714, quando o engenheiro inglês Henry Mill inventou um protótipo do que seria mais tarde uma máquina de escrever, que a humanidade se acostumou a teclar para produzir letras e palavras fora a escrita a mão. Vieram os computadores e os celulares, e hoje os dedilhados em pequenas telas é a coisa mais comum do mundo moderno.

Agora, um passo a mais foi dado na tecnologia da digitação em telas. Um grupo de pesquisadores da Universidade Aalto, em parceria com o Google, desenvolveu um simulador virtual capaz de digitar como um humano. O modelo de digitação preditiva pode distinguir entre diferentes modos de usar o teclado do celular, seja com uma mão ou duas, e replica até a forma de digitar dos jovens e dos mais velhos.

Veja também:

A proposta do projeto é apoiar o desenvolvimento de interfaces que se adaptem da melhor forma aos movimentos humanos, tornando, por exemplo, o uso do celular mais prático e otimizado.

Simulador de digitação

Quando você clica nas letras do teclado do celular, está usando, ao mesmo tempo, a destreza manual, a percepção visual e a memória de trabalho.

Simplificando, precisa movimentar seus dedos com precisão enquanto visualiza e revisa o que escreve.

O simulador tem “olhos e dedos” virtuais e memória para ter o mesmo nível de habilidades que você. Isso quer dizer que também comete os mesmos erros.

Ele foi treinado milhares de vezes para absorver a forma de digitação humana, desde a agilidade, movimentos e até suas dificuldades específicas.

Por exemplo, algumas pessoas odeiam usar o corretor automático, outras não vivem sem ele. A tecnologia também analisa e aplica isso.

O modelo é especialmente útil para testes de desenvolvimento de interfaces, que normalmente só usam usuários reais.

Aprimoramento de interfaces

Tradicionalmente, o processo de testar novos designs de teclado envolve um investimento significativo de tempo e recursos, pois requer a participação de usuários reais. Por isso, o projeto busca complementar esses testes com um simulador digital. Assim, seria possível avaliar os teclados com mais rapidez e eficiência.

Aalto University

Antti Oulasvirta, líder de um grupo de pesquisa na Aalto University, acredita que essa iniciativa representa um passo crucial em direção à melhoria das interfaces de usuário e à compreensão do comportamento humano em situações orientadas para tarefas. Utilizando modelos computacionais do comportamento humano, sua equipe está empenhada em investigar questões fundamentais relacionadas à interação homem-máquina.

Podemos treinar modelos de computador para não precisarmos da observação de muitas pessoas para fazer previsões. As interfaces de usuário estão em toda parte hoje – fundamentalmente, este trabalho visa criar uma sociedade mais funcional e uma vida cotidiana mais tranquila.

No próximo mês, a equipe de pesquisa vai apresentar o projeto na Conferência CHI, um fórum voltado para a área de interação humano-computador.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Entretenimento

    Leia mais notícias de Entretenimento. Clique aqui!

    Últimas Notícias