DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
VEJA O VÍDEO!

Águia de Marabá de olho no retorno às competições nacionais

A última vez que o azulão perdeu para uma equipe do interior paraense jogando com torcida no Zinho Oliveira aconteceu em janeiro de 2017

sexta-feira, 18/03/2022, 15:41 - Atualizado em 18/03/2022, 17:22 - Autor: Com Informações da PMM

Google News

O Águia terminou a primeira fase com 12 pontos, na quinta colocação geral, um ponto a menos que o Castanhal
O Águia terminou a primeira fase com 12 pontos, na quinta colocação geral, um ponto a menos que o Castanhal | Secom / PMM

Depois de 11 dias parado, após a suspensão do campeonato pelo Tribunal de Justiça do Pará, o Águia de Marabá volta a campo neste sábado (19), às 17 horas, para a retomada do Campeonato Paraense. E o retorno já é marcado pela série de dois confrontos decisivos contra o Castanhal, que podem garantir a volta da equipe marabaense a uma competição nacional depois de 7 anos.

“Essa parada prejudicou porque o time vinha em uma ascendência. Foram quatro jogos com bons resultados e bom desempenho e depois tivemos uma parada antes da última rodada contra o Remo e agora outra parada. Querendo ou não dá uma freada nessa crescente e tentamos essa semana trabalhar na cabeça dos atletas para manter o foco, a pegada e o objetivo”, comenta o técnico Wando Costa, que está invicto desde que retornou ao time.

 

O Águia de Marabá enfrenta o Japiim neste sábado (19)
O Águia de Marabá enfrenta o Japiim neste sábado (19) | Secom / PMM
 

Segundo o regulamento do Campeonato Paraense, dois times garantirão a vaga do estado na Série D do Brasileirão. Remo e Paysandu não entram na conta por disputarem a Série C da competição. Com isso é provável que, se passar pelo Castanhal e chegar na semifinal da competição estadual, garanta ao time uma vaga na competição nacional.

“Falo que envolve muita coisa dentro desses dois jogos, muita coisa em termos de objetivos para o time, para o torcedor, para a comissão técnica. Tudo que almejamos e precisamos fazer na nossa profissão e carreira é isso. Vamos pôr tudo nesses jogos, colocar nessas duas partidas para botar o Águia de volta às competições nacionais”, complementa Wando.

O Águia terminou a primeira fase com 12 pontos, na quinta colocação geral, um ponto a menos que o Castanhal que ficou na quarta colocação com 13 pontos. Com isso a vantagem de decidir a vaga em casa ficou com o time de Castanhal. O segundo jogo, que definirá a vaga, ocorre na terça-feira (22), 15h, no Estádio Souza, em Belém.

“Temos que saber usar o mando de campo que é nosso no primeiro jogo e temos que fazer valer essa vantagem. O Castanhal vem a anos jogando a série D, Copa do Brasil tem o mesmo elenco há algum tempo. Por isso temos que aproveitar essa vantagem de jogar em casa”, comenta o atacante Flamel, que retornou a equipe como titular no empate contra o Remo, na última rodada.

O atacante manda um recado e convoca a torcida para essa partida decisiva. “Continuamos acreditando, que venham para o estádio, incentivar. É importante o apoio incondicional, jogando junto tendemos a fazer um grande trabalho e vamos conseguir essa vantagem pro próximo jogo”, completa.

Veja também:

Presidente do Águia diz que Guga não foi escalado por má fé

Meia Flamel está de volta ao Águia de Marabá

Para se ter uma ideia do que representa para o Águia jogar no Zinho Oliveira com torcida, nos últimos dez anos, ou 98 partidas, o time contou com apenas 18 derrotas, contra 51 vitórias e 29 empates. A última vez que o Águia perdeu para uma equipe do interior paraense jogando com torcida no Zinho Oliveira por competições oficiais, aconteceu em janeiro de 2017, há mais de 5 anos, em jogo contra o São Raimundo.

Nesse ano, o time está invicto em Marabá. Jogando no Zinho Oliveira foram três vitórias e um empate, que tiraram o time da última colocação para a classificação antecipada.

 

| Alessandra Gonçalves
 

Veja a reportagem de Paulo Henrique da RBATV

 

Azulão marabaense está de olho nas competições nacionais Dol Carajás 02
 




Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)