DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
ELE CONFESSOU

Mulher desaparecida em Tucuruí foi vítima de feminicídio 

Na tentativa de encobrir a autoria do crime, o acusado registrou Boletim de Ocorrência dando sua mulher como desaparecida.

sexta-feira, 07/01/2022, 10:45 - Atualizado em 07/01/2022, 18:53 - Autor: Com Informações de Denis Aragão

Google News

Vanessa Cristina estava desaparecida desde terça-feira (4)
Vanessa Cristina estava desaparecida desde terça-feira (4) | Reprodução

Uma jovem que estava desaparecida desde a última terça-feira (4), em Tucuruí, sudeste do estado, foi encontrada morta nessa quinta (6). O corpo estava em uma área de mata.

O principal suspeito do crime é o marido dela, Renan Pontes Vilhena, que entrou em contradição ao registrar o Boletim de Ocorrência. Ele foi preso na noite desta quinta-feira e confessou ter matado a companheira Vanessa Cristina Pinto Pinheiro.   

Vanessa Cristina, com o marido, Renan Vilhena
Vanessa Cristina, com o marido, Renan Vilhena | Reprodução
                                                                                                                                                                                                     

A polícia civil estava investigando o desaparecimento de Vanessa Cristina desde quarta-feira (5) e o acusado ainda chegou a procurar a Delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência dando sua mulher como desaparecida.

O corpo de Vanessa foi encontrado em uma área de mata no bairro Buriti. O laudo preliminar do Instituto Médico Legal apontou que a vítima teve afundamento craniano causado por objeto contundente.

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher efetuou a prisão do acusado na casa de familiares dele.

 

Renan foi preso na casa de familiares
Renan foi preso na casa de familiares | Reprodução


Segundo informações da polícia, a investigação passou a suspeitar de Renan devido a contradição no registro do BO. Aos policiais, Renan confessou o assassinato da esposa, no entanto, a autoridade policial responsável pelo inquérito não informou o motivo já que as provas contra o acusado pelo crime de feminicídio ainda estão sendo apuradas. 


Veja o momento da prisão de Renan:

 

DOL CARAJÁS
 





Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)