DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
“OPERAÇÃO PARADOR”

Padrasto é preso acusado de estuprar enteada 

A criança é filha da mulher com quem o acusado mantinha um relacionamento amoroso

quarta-feira, 11/05/2022, 17:40 - Atualizado em 11/05/2022, 17:39 - Autor: Com Informações de Dinho Santos e Folha UOL

Google News

Jhonatan Groff teve mandado de prisão preventiva expedida pela Justiça
Jhonatan Groff teve mandado de prisão preventiva expedida pela Justiça | Divulgação

A cada hora, quatro meninas menores de 13 anos são estupradas no Brasil. A maior parte dos meninos vítimas dessa violência têm entre 4 e 8 anos. 

São dados de 2021 do Anuário de Violência do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que mostram ainda que 67% dos casos acontecem dentro das residências e 86% são praticados por conhecidos das vítimas.    

Mais uma menina entrou para essa triste estatística sendo vítima de violência sexual pelo próprio padrasto. Ele foi preso nesta terça-feira (10) pela Polícia Civil da cidade de Redenção, no sul do Pará.

Jhonatan Groff teve mandado de prisão preventiva expedida pela Justiça, que atendeu à solicitação da Polícia Civil, que após uma minuciosa investigação reuniu provas que incriminam o acusado de abusar sexualmente da criança. 

Veja também:

Marido suspeito de matar esposa se joga embaixo de caminhão 

Polícia apreende adolescente que ameaçou chacina em escola

A prisão do acusado é resultado da Operação Parador, desencadeada pela Polícia Civil, que visa combater os crimes de exploração sexual envolvendo crianças. A prisão de Jonathan Groff foi executada por policiais da Superintendência Regional de Polícia Civil do Araguaia Paraense e do Núcleo de Apoio a Inteligência (NAI) Sul.

A criança é filha da mulher com quem o acusado mantinha um relacionamento amoroso. O pedófilo se encontra recolhido em umas das celas do Presídio de Redenção, onde vai aguardar a sentença da Justiça. 


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)