plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 32°
cotação atual R$


home
RIXA ANTIGA

Policial militar é executado a tiros em bar do Pará

Paulo Sérgio Gomes da Silva foi surpreendido pelos disparos de revólver. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Policial militar é executado a tiros em bar do Pará camera Paulo Sérgio Gomes da Silva foi morto a tiros | Reprodução

A Polícia Civil investiga o assassinato de um policial militar executado a tiros na noite da última terça-feira (13), em um bar em Dom Eliseu. A vítima é o soldado Paulo Sérgio Gomes da Silva morto no bairro Redenção.

Segundo informações da Polícia Civil, o acusado do crime é César da Silva Souza, também conhecido como César da Chinesa, que se encontra foragido.

Uma força-tarefa composta por policiais civis e militares foi imediatamente montada para localizar o suspeito. Testemunhas relatam que César e Paulo mantinham uma rixa antiga, levantando a possibilidade de um motivo pessoal para o crime. As investigações da Polícia Civil estão em andamento para esclarecer os detalhes que levaram ao homicídio.

Paulo ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu e veio a óbito
📷 Paulo ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu e veio a óbito |Reprodução

LEIA TAMBÉM:

Conforme relatos de testemunhas, César estava no bar, sentado em uma mesa próxima à do policial militar. Aproveitando-se de um momento de distração, o acusado se aproximou e efetuou os disparos que atingiram “Paulo Doido”, como era conhecido, pelo menos quatro vezes, resultando em sua morte.

Paulo foi socorrido e levado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, onde veio a óbito.

Depois de atirar em Paulo, o acusado fugiu em uma moto modelo Bros. César da Silva Souza já possui histórico criminal, tendo cumprido pena por homicídio no município de Tailândia, localizado no nordeste do Pará.

A Polícia Civil segue empenhada na investigação do caso. Quem tiver informações que ajudem a polícia nas investigações também podem ligar no 181.

Paulo Sérgio Gomes da Silva estava há mais de 30 anos nas fileiras da PM e estava trabalhando em serviços internos no quartel de Dom Eliseu.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Polícia

    Leia mais notícias de Polícia. Clique aqui!

    Últimas Notícias