Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
22°
cotação atual R$
APRENDIZADOS

Livro desvenda segredos do Marketing Político brasileiro

A obra, que conta com a participação de 50 especialistas na área, será lançada na quarta-feira (11), em Brasília-DF.

terça-feira, 10/05/2022, 12:53 - Atualizado em 10/05/2022, 12:52 - Autor: Sales Coimbra, com informações Diário Carioca

Google News

Livro lançado pela Geração Editorial desvenda o Marketing Político brasileiro.
Livro lançado pela Geração Editorial desvenda o Marketing Político brasileiro. | (Foto: Reprodução)

O uso de ferramentas e linguagem de marketing nas disputas político-partidárias é cada vez mais importante. Neste ano de eleições presidenciais, o livro "Marketing Político no Brasil" oferece grande panorama da área. Profissionais renomados na área apontam que a relação entre marketing e política é mais complexa, mais sutil do que geralmente se pensa. Compreender essa realidade é vital para o bom funcionamento da democracia.

O livro “Marketing Político no Brasil” (428 páginas, capa dura, R$ 95,00) será lançado em Brasília na quarta (11), pela Geração Editorial, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados, procura desvendar desde as questões mais simples, tais como o que é um profissional do Marketing Político, até as mais complexas como de que forma esse profissional pode colaborar com a democracia do país e, o que é mais importante, o que ele faz e como ele faz.

LEIA TAMBÉM:

Lula para Bolsonaro: "você tem é medo de perder e ser preso"

Michele Bolsonaro é processada por propaganda antecipada

Organizada pelo Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Político (CAMP), presidido por Bruno Hoffmann, esta obra reúne grande parte dos principais nomes do setor no Brasil. Contando com textos de 50 autores, o livro pretende ser atemporal, uma referência essencial não só para profissionais de Marketing Político, candidatos e assessores, mas também para advogados eleitorais, jornalistas políticos, estudantes, acadêmicos e demais interessados em campanhas eleitorais e de governo.

“Nas eleições municipais de 2020, o TSE recebeu mais de 555 mil pedidos de candidaturas, ou seja, se ser candidato fosse listado como atividade profissional, estaria entre as principais ocupações do país. Mesmo assim, nossa atividade ainda está longe de ter reconhecimento de uma profissão que impacta e move os brasileiros. Temos um sonho que um dia nossa atividade seja compreendida pelos eleitores e pela mídia. Que entendam o nosso papel fundamental na manutenção, aprimoramento e fortalecimento da Democracia brasileira”, comenta Hoffmann.

O especialista explica ainda que o livro está dividido em oito eixos: “Planejamento e Estratégia”, “Pesquisas Eleitorais e de Opinião Pública”, “Processo de Criação”, “Formas de Contato com o Eleitor I e II”, “Gestão de Crise”, “Importância de uma Comunicação Permanente” e “Ética no Marketing Político e Combate às Fake News”.

Sobre o CAMP

Bruno Hoffmann esclarece que o CAMP foi criado em 2018, com o objetivo de desenvolver importantes parcerias dar a essa atividade respeitabilidade e transparência.

“Estivemos juntos a grandes instituições democráticas brasileiras. Firmamos termo de cooperação com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE); realizamos seminário em parceria com o Senado Federal; mantivemos diálogo permanente com comissões da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e com a Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (Abradep). Criamos um projeto com a escola de Formação Política RenovaBR, onde nossos associados são professores para centenas de futuros candidatos. Compartilhamos forças e know-how com diversas associações de consultores políticos internacionais e fomos reconhecidos por instituições como a Universidade George Washington, através da Graduate School of Political Management. Colocamos os profissionais da nossa área na mesa de decisão para trabalharmos juntos pela Democracia”, enumera.

O presidente da entidade diz que seus associados são movidos por um sonho em comum: “que um dia, através do Congresso Nacional, possamos ter leis eleitorais mais claras, democráticas e livres para que o cidadão possa colocar seu nome à disposição de um cargo eletivo a qualquer tempo. É cívico e as campanhas se tornam mais transparentes e acessíveis por darem mais tempo para o candidato dialogar pessoalmente com o eleitor”, projeta Hoffamann.

Serviço

Marketing Político no Brasil

Formato: Capa Dura

Preço: R$ 95,00

Págs.: 428

Formato: E-book

Preço: R$ 49,00

Link de compra no site do CAMP: https://campbrasil.com.br/livro-marketing-politico-no-brasil/

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS