Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
NÃO DEU, LEÃO

Clube do Remo é eliminado da Copa do Brasil pelo Atlético-MG

Galo não teve dificuldades para vencer o Leão por 2 a 1; Felipe Gedoz ainda desperdiçou pênalti.

quinta-feira, 10/06/2021, 21:06 - Atualizado em 10/06/2021, 22:03 - Autor: Kaio Rodrigues/DOL


Galo passou sem problemas pelo Leão.
Galo passou sem problemas pelo Leão. | Samara Miranda/Remo

Assim como em Belém, o Atlético Mineiro não teve problemas para vencer o Clube do Remo, na noite desta quinta-feira (10), pelo placar de 2 a 1, em Belo Horizonte (MG), e garantiu vaga às oitavas de final da Copa do Brasil. Os gols do confronto foram marcados por Réver e Hulk, para o Galo, e Romércio, para o Leão. Na soma dos resultados, 4 a 1 no agregado para os mineiros.

VEJA COMO FOI O LANCE A LANCE

No geral, o time alvinegro teve o controle da partida e poderia ter goleado os azulinos se não fosse a trave no primeiro tempo. Já a equipe de Paulo Bonamigo pouco fez e mostrou muita desorganização defensiva no confronto. No ataque, pouco produziu também e ainda viu Felipe Gedoz perder pênalti. A equipe de Minas embola R$ 2.7 milhões como prêmio pela classificação.

Agora eliminado, o Remo vira a chave para pensar no Botafogo no Estádio Raulino de Oliveira, no próximo domingo (13), no Rio de Janeiro, às 16h, pela terceira rodada da Série B do Brasileiro. Já os atleticanos recebem o São Paulo, também no mesmo dia e horário, no Estádio Mineirão, pela Primeira Divisão Nacional

Primeiro Tempo

O Remo começou o jogo adiantando as suas linhas e tentando forçar algum erro na saída de bola do Atlético Mineiro. Não funcionou e, assim como em Belém, os azulinos levaram gol logo no primeiro terço do jogo. Réver, aos 9 minutos, em jogada ensaiada, se antecipou após cobrança de escanteio de Hyoran e abriu o placar no Mineirão.

O gol fez o Leão se perder em campo. Mal conseguia trocar três passes e via o Galo cadenciar o duelo da maneira que bem entendia. Ora trocava passes no meio de campo, Ora apertava os azulinos. Em uma saída errada, Dodô acertou um lindo chute e Vinícius evitou o segundo dos atleticanos. Logo depois, começou o show do melhor jogador remista no primeiro tempo: a trave.

Primeiro com o atacante Keno, aos 30 minutos. O camisa 11 que recebeu livre, em posição legal, e mandou no pé do poste direito. Logo em seguida, aos 33, Thiago Ennes cortou bola em chegada adversária e mandou no mesmo pé da trave. Aos 36, Nacho, sozinho, cabeceou e a bola morreu também no lado direito.

O jogo seguia tranquilo para os mandantes, tanto é que o excesso de confiança custou caro aos 45 minutos. Dodô saiu errado e Romércio roubou na intermediária e soltou uma bomba no ângulo do goleiro Everson, deixando tudo igual. Placar agregado: Atlético-MG 3 x 1 Clube do Remo.

Segundo Tempo

As equipes voltaram sem modificações para a segunda etapa. E, assim como no primeiro tempo, o Galo dominava as ações. Aos 4 minutos, Rafael Jansen fez pênalti infantil após segurar Réver. Hulk, aos 7, marcou o segundo e colocou os atleticanos novamente na frente do placar.

O jogo seguiu cadenciado, com o Leão tendo dificuldades para chegar ao ataque. Apesar disso, aos 29 minutos Gedoz teve a chance de igualar o marcador, após Igor interceptar chute de Dioguinho com o braço. No entanto, Everson cresceu para cima do 10 azulino e defendeu a penalidade. A partida continuou parelha, mas sem grandes emoções.

O técnico Paulo Bonamigo não ousou, talvez por medo de ver o placar aumentar, e apenas dava gás para a sua equipe, trocando sempre os jogadores por outros da mesma posição. Enquanto que Cuca em momento algum viu sua equipe ter a classificação ameaçada. Final de jogo: Atlético-MG 2 a 1 Clube do Remo.

VEJA OS GOLS DA PARTIDA

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS