Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
SURPRESA

América-MG surpreende e vence Cuiabá-MT fora de casa

Coelho surpreende e vence o Dourado dentro da Arena Pantanal

sábado, 02/10/2021, 20:29 - Atualizado em 02/10/2021, 20:35 - Autor: FOLHAPRESS


Time mineiro vence fora e cresce na tabela
Time mineiro vence fora e cresce na tabela | Reprodução / Facebook

Abrindo a 23ª rodada do Brasileirão, o Cuiabá foi derrotado em casa para o América-MG pelo placar de 2 a 0. Com a volta das torcidas a partir deste final de semana, o jogo entrou para a história como a primeira partida do "Dourado" diante do seu torcedor na Série A. Apesar disso, os 2.426 torcedores que foram à Arena Pantanal viram o time perder a invencibilidade que já durava seis jogos. O Coelho, que atravessa seu melhor momento, construiu a vitória com gols de Mauro Zárate (aquele mesmo, ex-Boca) e Ademir.

Com o resultado, o Cuiabá permanece com 29 pontos na tabela, enquanto o América vai aos 27 e se desgarra da zona de rebaixamento (o Bahia abre o Z-4 com 23). No meio da semana, a equipe do técnico Jorginho visita o Grêmio. O Coelho terá seu primeiro contato com sua torcida e receberá o Palmeiras. Os dois jogos serão às 21h30 da quarta-feira (6).

FOI BEM: ZÁRATE

O veterano argentino já tinha duas assistências e agora marcou seu primeiro gol em cinco jogos com a camisa americana. Cérebro no meio-campo, Zárate quase não errou passes e protagonizou as melhores chances ofensivas do América. Aos 34 anos, aguentou até por muito tempo o forte calor de Cuiabá e só deixou o campo faltando pouco mais de dez minutos para o fim.

AMÉRICA SAI NA FRENTE

A equipe mineira começou bem e surpreendeu os donos da casa na Arena Pantanal. Eficiente para se livrar da marcação alta do Cuiabá, o América explorou bem os contra-ataques, mas não se limitou a ficar só na defesa. Aos nove minutos, Ricardo Silva recebeu o cruzamento certeiro de Zárate, mas tirou demais do goleiro e perdeu ótima chance pelo alto. Minutos mais tarde, o argentino mostrou precisão mais uma vez com os pés e cobrou uma falta na gaveta de Walter para abrir o placar. Zárate ainda tirou tinta da trave em outra finalização ainda antes do intervalo.

CUIABÁ PARA EM CAVICHIOLI

Após a parada técnica, aos 26 minutos, o Cuiabá voltou melhor e conseguiu entrar na partida. A primeira grande chance foi com Pepê, que recebeu de frente para o gol, mas finalizou para fora. Quando a bola atingiu o alvo, os donos da casa pararam nas boas defesas de Matheus Cavichioli. Primeiro, na cabeçada perigosa de Osman. Depois, na cobrança de falta venenosa de Pepê. O time da casa ainda reclamou de um possível pênalti não marcado pela arbitragem.

CALOR DIMINUI INTENSIDADE DA PARTIDA

Não foram só as oportunidades criadas que contribuíram para um jogo quente na Arena Pantanal. A capital do Mato Grosso registrou 38 graus e sensação térmica de 40! Mesmo com as paradas para hidratação, era previsível que as equipes não conseguissem manter o ritmo, que começou a cair já no final do primeiro tempo.

Nos 45 minutos finais, o Cuiabá voltou com mais volume, mas teve dificuldades para concluir ao gol. O time ficou mais com a bola, mas se limitou aos levantamentos na área. Bem postado em campo, o América passou até menos sustos que na etapa inicial, conseguiu cozinhar o jogo quando preciso e até se lançou ao ataque em alguns momentos.

'FUMACINHA' FECHA A CONTA

O América estava mais próximo de um segundo gol do que o Cuiabá do empate. E isso aconteceu em um contra-ataque que foi se desenhando ao longo do segundo tempo. Lucas Kal encontrou um espaço nas costas da defesa e esticou a bola para Ademir, o "Fumacinha". O atacante (que jogará no Atlético-MG em 2022) usou sua velocidade para invadir a área e tocar na saída de Walter, dando números finais ao confronto. 2 a 0 placar final.


Estádio: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)

Árbitro: Rafael Traci (SC)

Assistentes: Kléber Lúcio Gil (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)

VAR: Bráulio da Silva Machado (SC)

GOLS: Zárate, 12'1ºT (0-1); Ademir, 37'2ºT (0-2)

Cartões amarelos: Paulão (CUI), Alê, Patric (AME)


CUIABÁ: Walter; João Lucas, Marllon (Alan Empereur), Paulão e Uendel; Auremir (Uillian Correia), Pepê (Felipe Marques); Clayson, Jonathan Cafú e Osman (Rafael Gava); Jenison (Elton). Técnico: Jorginho


AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Patric (Diego Ferreira), Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Marlon; Lucas Kal, Alê (Juninho); Zárate (Juninho Valoura), Ademir e Felipe Azevedo (Rodolfo); Fabrício Daniel (Ribamar). Técnico: Vágner Mancini

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS