Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
LEÃO SAF?

Remo recebe proposta da SAF e Fábio Bentes pede investigação

Presidente disse que a documentação recebida foi enviada ao departamento jurídico do clube: "Não teremos nenhum tipo de ação antes de ter um parecer sobre a idoneidade da empresa e do empresário"

terça-feira, 10/05/2022, 23:14 - Atualizado em 10/05/2022, 23:13 - Autor: Kaio Rodrigues

Google News

Fábio Bentes vem tratando o assunto com toda cautela
Fábio Bentes vem tratando o assunto com toda cautela | Samara Miranda/Remo

Após o empresário Leandro Rodrigues e o presidente do Clube do Remo, Fábio Bentes, trocarem farpas, depois da divulgação de uma suposta negociação que envolveria a compra do departamento de futebol azulino nos moldes da Sociedade Anônima no Futebol (SAF), agora, é oficial: o Leão de Antônio Baena recebeu uma proposta no valor de R$ 210 milhões.

"Pedi um levantamento completo sobre eles. Não tem reunião alguma marcada. A única verdade é que ele (Leandro Rodrigues) mandou e eu repassei para o jurídico do clube, onde será realizada uma análise. Não teremos nenhum tipo de ação antes de ter um parecer sobre a idoneidade da empresa e do empresário", disse Fábio Bentes em contato com o DOL.

Leandro Rodrigues é dono da VL Gold Dubai. O valor ofertado em Euros fica na casa dos 40 milhões e mais acréscimos de 25% do valor caso suba para a Série B do Brasileiro. Para Fábio Bentes, esse é o futuro dos clubes e aqueles que não se atualizarem ficarão para trás, como aconteceu com o Clube do Remo, quando o cenário futebolístico mergulhou na profissionalização.

"Queremos entender qual seria o modelo mais adequado, caso o Remo vire SAF, e qual seria a colocação do Remo nesse novo jogo que está surgindo no futebol. Eu tenho uma opinião, que é que daqui a alguns anos, quem não se transformar em SAF, vai perder espaço, assim como quando começou a era da profissionalização no futebol, no início dos anos 2000. Quem não se profissionalizou, perdeu espaço. Foi o que aconteceu com o clube do Remo, que demorou e perdeu espaço no mercado nacional”, destacou.

Entramos em contato com o empresário Leandro Rodrigues, mas devido ao fuso horário da Suíça, onde ele se encontra, que já marca 3h30 da madrugada, concordou em conversar com a nossa reportagem nesta quarta-feira (11), onde trará detalhes sobre os investimentos que serão feitos de imediato, visando o acesso à Série B do Brasileiro, e os próximos passos, caso a proposta seja aceita.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS