Além de ser a atual campeã mundial, a França tem à disposição dois jogadores que vivem uma ótima fase: Mbappé e Benzema. A dupla de ataque promete aterrorizar as defesas adversárias na Copa do Mundo do Catar e manter a taça em Paris. A pergunta que torcedores e apostadores do mundo todo se fazem é: existe alguma seleção capaz de parar os franceses? Se você gosta de entretenimento esportivo, entenda mais sobre o código de bônus Bet365.

O jovem Mbappé é uma das joias do futebol mundial e vem sendo protagonista no Paris Saint-Germain, um time que conta com Messi e Neymar. Recentemente, o atacante de 23 anos, que era desejado pelo Real Madrid, renovou seu contrato com o clube francês. O projeto é transformá-lo no craque que irá liderar o PSG em seu caminho para se tornar um dos maiores clubes da Europa.

Na conquista da Copa de 2018, Mbappé, que então contava 19 anos, foi titular e um dos principais jogadores da seleção francesa. Ele marcou dois gols no duelo equilibradíssimo contra a Argentina, nas oitavas de final, que terminou com vitória da França por 4 a 3. Além disso, ele marcou outro gol na final contra a Croácia – a partida terminou 4 a 2 e rendeu o segundo título mundial aos franceses.

Já Benzema, que ficou de fora da Copa de 2018 por situações extracampo, está vivendo sua melhor fase na carreira. O atacante foi a principal peça do Real Madrid na temporada, que culminou com o título da Champions League, e, até o momento, é o favorito a vencer o prêmio de melhor jogador do mundo. Aos 34 anos, ele é o jogador maduro que, na parceria com o jovem Mbappé, poderá produzir o equilíbrio perfeito.

Mas a França não depende apenas dos dois – há muitos outros jogadores do primeiro escalão na equipe: Griezmann, Pogba, Camavinga, Kanté e Lloris são alguns deles Definitivamente, vencer a França não será uma tarefa fácil para os adversários. Entre os favoritos a vencer a Copa, também aparecem Brasil, Argentina, Alemanha, Espanha e Inglaterra, mas nenhuma dessas seleções parece ter tantos jogadores capazes de desequilibrar uma partida quanto a francesa.

No dia 21 de novembro, a bola começa a rolar no Catar, e, independentemente de quem vença, a previsão é de que os torcedores sejam brindados com grandes jogos de futebol. A França iniciará a disputa como favorita, posição em que o Brasil já se encontrou diversas vezes. E, por experiência, sabemos que isso não basta para que a seleção saia vitoriosa

Foto: Divulgação

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS