Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
SEU BOLSO

Saiba como fazer a grana do abono salarial render mais

PIS/Pasep deve cair na conta de 23 milhões de trabalhadores, e especialista ouvida pelo DIÁRIO conta como usar o dinheiro extra para pagar dívidas e até fazer investimento.

quarta-feira, 02/03/2022, 08:07 - Atualizado em 02/03/2022, 09:40 - Autor: Diego Monteiro/ Diário do Pará

Google News

Grana extra, o abono salarial já começou a ser pago a milhões de brasileiros
Grana extra, o abono salarial já começou a ser pago a milhões de brasileiros | Marcelo Casal Jr.

Para muitas pessoas, controlar o orçamento e fechar o mês no azul não é uma tarefa muito fácil. Aos que começaram a receber o abono salarial (PIS/Pasep), benefício que deve ser pago a 23 milhões de brasileiros, a dúvida mais frequente é “como utilizar o valor de forma consciente?”.

Especialista em educação financeira, Ana Ferrari explica que, neste caso, é preciso de dois ingredientes fundamentais: planejamento e disciplina. Após aplicar essas duas estratégias, é possível sair do vermelho, realizar um sonho e até mesmo aplicar em investimentos.

Ferrari ressalta que “o grande problema são as dívidas elevadas”, esclarece. “Isso porque o valor do abono não é tão alto, e as pessoas acabam pagando contas não tão importantes, enquanto as que geram dores de cabeça e perda de sono continuam lá”, pontua.

A educadora financeira afirma ainda que é preciso pensar com cuidado aonde vai ser guardado esse valor. A conta corrente, por exemplo, cobra taxas expressivas todos os meses, e no caso das poupanças, os rendimentos não são considerados interessantes.

LEIA TAMBÉM:

Resultado do Prouni é divulgado nesta quarta-feira


DICAS

Ana Ferrari trabalha diretamente com foco em planejamento financeiro, auxiliando pessoas e empresas quanto a importância da organização do dinheiro. Diante das dúvidas, ela separou algumas dicas para melhor uso desse dinheiro extra, seja para compra, pagamento de dívida e até investimento.

Separe uma parte do benefício para pagar dívidas. “Estamos em um momento bem delicado quando falamos de economia. Portanto, muitas pessoas podem ter se endividado nos últimos meses. Desta forma, é sempre bom um olhar especial para esta questão”, orienta Ana.

O abono salarial pode ser usado ainda para a compra de presentes ou negociar um desconto à vista. Há quem escolha realizar uma viagem, ou investir em um programa familiar.

Por fim, poupar e investir pode ser aplicado neste valor, já que todo dinheiro extra é uma oportunidade para realizar movimentações em ações no mercado. “Não existe um investimento perfeito, existe o que funciona para cada perfil de pessoas”, completa a educadora. “Mas esta é uma forma mais interessante de render este dinheiro”, conclui.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS