Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS

Entenda como funciona a camuflagem de estrias e cicatrizes

Micropigmentadora explica como autoestima pode ser resgatada após o procedimento.

segunda-feira, 07/03/2022, 11:19 - Atualizado em 07/03/2022, 11:19 - Autor: Com informações da assessoria

Google News

Micropigmentadora explica como funciona a camuflagem de estrias e cicatrizes.
Micropigmentadora explica como funciona a camuflagem de estrias e cicatrizes. | Reprodução

O padrão estabelecido pela sociedade de beleza e encontrado nas redes sociais muitas vezes não reflete a imagem da maioria das mulheres. Chegar nessa referência de corpo precisa não só de uma alimentação saudável ou treino, mas de uma série de outros procedimentos aliados a uma rotina equilibrada.

Encontrar equilíbrio entre a vida profissional e pessoal pode ser difícil, principalmente para tirar um tempinho para se cuidar. Há quem tenha passado por algum problema de saúde, cujas sequelas ficaram marcadas na pele ou até o mais comum: estrias, marcas da infância pelo corpo ou cicatrizes.

BBB 22: maquiagem leve e delineados gráficos viram tendência

A micropigmentadora Rosana Abreu tem um trabalho voltado para devolver a autoestima de muitas mulheres. A profissional usa uma técnica que consegue desenhar mamilos em quem passou por algum tratamento de câncer, através da Micropigmentação Paramédica Aréola 3D, por exemplo. 

“Nesse Dia das Mulheres o que me dá mais satisfação é perceber que eu consegui devolver através dessa técnica, a autoestima de dezenas de pessoas. Com muito realismo, desenho os mamilos esteticamente deixando-os o mais realistas possível”, explicou.

Combate às estrias: saiba como tratar os risquinhos na pele

Outro assunto que deixa muitas mulheres inseguras é a questão das estrias. Com um processo de camuflagem, é possível deixar a pele de uma cor mais uniforme

“Nesse caso, o segredo é encontrar uma tonalidade próximo ao da pele para que a cor fique o mais igual possível. Então, o local é coberto através da micropigmentação”, detalha.

O procedimento é menos invasivo que uma tatuagem, já que tudo é feito na epiderme, uma camada mais externa da pele, segundo Rosana.

Ainda de acordo com a micropigmentadora, a técnica pode ser usada também para camuflar cicatrizes e manchas, ou até mesmo das olheiras, deixando um olhar menos cansado.

“Muitas mulheres querem cobrir principalmente as cicatrizes do parto, que são mais largas e cumpridas. Essas marcas ficam exatamente na linha do biquíni, ou seja, muitas mães se privam de momentos de lazer por conta da vergonha”, disse Rosana. 

Veja como funciona:



Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS