Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
34°
cotação atual R$
QUE SABOR

Vem aí o Passaporte Belém: O Melhor da Gastronomia 2021

A sétima edição do “Passaporte Belém – O Melhor da Gastronomia 2021” tem a participação de mais de 160 estabelecimentos. Júri que escolherá os melhores em 21 categorias

domingo, 24/10/2021, 23:53 - Atualizado em 24/10/2021, 23:53 - Autor: Luiz Flávio


O projeto é sucesso absoluto em todas as suas edições e ajuda a divulgar a gastronomia local e os estabelecimentos
O projeto é sucesso absoluto em todas as suas edições e ajuda a divulgar a gastronomia local e os estabelecimentos | Wagner Santana/Diário do Pará

O “Passaporte Belém – O Melhor da Gastronomia 2021” chega ao sétimo ano mantendo o mesmo sucesso das edições anteriores, gerando grande expectativa entre o público que também é amante da boa gastronomia da terra. O projeto trará novamente um guia completo sobre as maiores e melhores experiências culinárias da capital, dando dicas e informando moradores e turistas que visitam a cidade. 

No total, mais de 160 estabelecimentos participam da edição deste ano. Quinze personalidades da cidade, entre jornalistas, advogados, influenciadores digitais e profissionais liberais integram o júri que escolherá os melhores. 

Eles votaram e escolheram seus estabelecimentos favoritos em 21 categorias, que vão desde padaria, restaurante popular, hambúrguer e açaí, passando por tacacá, regional e saudável, além de peixaria e sorvete, entre outras. 

A grande novidade esse ano foi a inclusão da categoria steak. Em seguida elaboraram um ranking gastronômico. A ação também vai apontar o melhor chef de cozinha de Belém. No total 11 profissionais participam da disputa. 

 

|
 


Os primeiros colocados de cada categoria receberão o “Troféu Estrela Azul”. Os segundos e terceiros colocados ganham certificados. A posição de cada participante no ranking só é revelada na hora da premiação. 

A entrega da premiação ainda está sendo estudada com muito cuidado pela organização do evento em razão da pandemia da Covid-19 e ainda será definido se ocorrerá de maneira presencial ou virtual. 

Os estabelecimentos indicados serão divulgados em 5 fascículos encartados gratuitamente no DIÁRIO aos domingos e quintas-feiras a partir do dia 31/10 até o dia 14/11. Os internautas também serão convidados a votar em espaço exclusivo no Diário On Line - DOL através do endereço http://passaporte.dol.com.br e no Instagram do prêmio pelo @festivalestrelaazul. 

Posteriormente, em evento exclusivo, será lançado o guia de bolso “Passaporte Belém, o Melhor da Gastronomia 2021” com informações de todos os estabelecimentos indicados pelos jurados e um destaque especial para o campeão de cada categoria, que terá espaço privilegiado na publicação, revelando um pouco de sua trajetória. 

Este ano haverá uma mudança no processo de votação: cada estabelecimento só poderá concorrer em uma das categorias. Se, por acaso, houver votos do mesmo estabelecimento em categorias diferentes, o jurado será convidado a escolher um outro, diferente, para evitar a repetição. A proposta é dar chances para mais lugares concorrerem à premiação. 

 

| Celso Rodrigues/Diário do Pará
 


Os restaurantes serão indicados/votados pelos jurados e, ao final da série de fascículos a votação será aberta ao público com os restaurantes indicados pelos jurados para a escolha do melhor em cada categoria. O voto do público será utilizado em caso de empate. Por exemplo: se na categoria de bar os estabelecimentos ”x” e “y” tiverem 3 votos, o mais votado no site ganha mais um voto, ficando com 4 votos. 

Luiz Octávio Lucas, editor dos fascículos e jurado do projeto destaca que o “Passaporte Belém” já virou uma tradição aguardada pelo público e donos de estabelecimentos todos os anos. “A edição deste ano é especial porque vem em um período em que a esperança da volta à vida normal cresce com a volta gradativa das atividades econômicas. Lembro que na edição do ano passado havia um mercado bem desanimado com as restrições provocadas pela pandemia e o fechamento de vários lugares”, diz. 

Agora, segundo o jornalista, já se observa o contrário. “Vivemos um momento onde grande parte da população está vacinada, a Covid-19 se mostra mais controlada e as pessoas voltaram a circular pela cidade mais animadas e seguras. Creio que o projeto tem tudo para ser um sucesso e ajude a promover esse gás na economia tão necessário para o mercado gastronômico local”, analisa 

Nilton Lobato, diretor comercial do Grupo RBA, ressalta que o objetivo do projeto é buscar uma interação do jornal com o setor e estimular o mercado gastronômico local através da captação de clientes. “O projeto se reveste de uma importância ainda maior em razão de todo o prejuízo acumulado pelo setor da gastrônomia decorrente da pandemia de Covid-19”, diz. 

“O Passaporte Belém - Prêmio Estrela Azul 2021 busca divulgar as diversas operações comerciais, restaurantes, os pratos, os profissionais, serviços e a gastronomia do Pará. Queremos incentivar o crescimento do turismo e cultura gastronômica como um diferencial competitivo para o setor. Isso só é possível porque grandes parceiros acreditaram em nossa ideia. Nossos agradecimentos à Claro, Doratta Fry e Sebrae”.

 

|
 


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS