As festas de fim de ano estão se aproximando, e com elas as reuniões em família, ceias de natal e ano novo. Neste período é normal que os animais fiquem instigados pelo cheiro das refeições e queiram abocanhar um pouco dos alimentos disponíveis.

No entanto, assim como em outras épocas do ano, é preciso ter cuidado com o que vai oferecer para os pets, uma vez que determinados alimentos podem prejudicar a saúde deles.

Seu pet é filhote? Saiba os cuidados no primeiro ano de vida

Quais são as comidas proibidas para os pets?

Uvas e uvas passas

As uvas e uvas passas não podem ser a melhor opção para você dar de petisco para o pet. Isso porque as frutas tradicionais do natal podem causar insuficiência renal precoce, vômitos e provocar uma série de outras reações nada agradáveis para o animal.

Chocolate

O chocolate é quase unanimidade quando falamos em sobremesa e seja ele doce ou amargo, o fato é que ele não é o melhor amigo nem dos cães nem dos gatos.

Os especialistas em nutrição do Vet Quality Centro Veterinário 24h, afirmam que ele pode inclusive ser fatal para os animais de estimação, então a dica é manter o chocolate bem longe dos bichinhos ou procurar opções no mercado pet, como os chocolates para cachorro.

Como cuidar da saúde e da higiene bucal do seu pet?

Os famosos “ossinhos”

Os ossos que sobram depois da ceia e parecem inofensivos para os animais, na verdade são os principais responsáveis por lesões nos dentes e até mesmo no estômago dos pets. Portanto, nada de oferecer os restos aos pets. 

No descarte é importantes embalá-los bem na hora de descartá-los, para evitar que o animal ao sentir o cheiro, acabe rasgando o lixo para encontrá-los.

Bebidas alcoólicas

Talvez pareça óbvio que não se deve oferecer, nem deixar as bebidas alcoólicas ao alcance dos animais, mas ainda assim, é indispensável ressaltar que durante as festas de final do ano, o cuidado deve ser redobrado.

As bebidas que contém álcool provocam vômitos, diarréia, alterações no sistema nervoso e causam problemas de coordenação.

Em casos mais sérios, o animal pode vir a falecer, já que a respiração também pode ser comprometida.

Quais os alimentos permitidos?

Já na lista dos alimentos permitidos, a maioria das frutas, legumes e verduras estão liberadas, desde que oferecidas da forma correta para o animal. 

Algumas carnes também estão liberadas para os animais, como carnes de bovino, peixes, carnes de caça em geral.

Veja abaixo quais são as comidas de natal para cães e gatos que estão liberadas para os pets.

Alimentação: veja quais nutrientes são ideais para o seu pet

Frutas e legumes

As frutas e alguns legumes são uma excelente opção para oferecer aos animais, para que eles participem das comemorações.

A banana por exemplo é bastante rica em potássio e carboidratos, e faz muito bem para os animais, sendo dada como petisco ou misturada na ração mesmo.

A pera e a maçã são outros ótimos exemplos, já que a pera tem vitaminas C e E, e também vitaminas B1 e B2. Já a maçã tem vitaminas e minerais que fazem super bem para a saúde do animal.

Outras frutas como kiwi, melancia, mamão e laranja também podem ser adicionadas ao cardápio.

Os legumes também podem ser oferecidos tanto crus quanto cozidos.

Carnes

A carne vermelha é extremamente nutritiva para os pets. Por conter ácidos graxos e ômega-6, elas ajudam a manter o apoio articular e o tônus muscular.

O frango também possui o ômega-6 e é uma das carnes mais comuns oferecidas aos pets, já que é uma carne magra. Ela é rica em proteína e por conta disso, oferece energia e massa muscular boa para o animal.

As carnes de cordeiro possuem um cheiro que é muito atraente para os bichinhos e também podem ser oferecidas a eles. Elas contêm gorduras boas para a energia do pet e até mesmo para a pele e os pelos deles.

Lembrando que as carnes devem estar sem tempero algum, e sem alho e cebola pois eles podem causar anemia e intoxicação alimentar.

O que fazer caso o pet coma algo que não deva?

Caso algum pet ingira algum dos alimentos mencionados acima e apresente qualquer reação, o ideal é levar o animal a um hospital veterinário 24h. 

Não dê qualquer medicamento ou receita caseira sem antes consultar um médico veterinário de confiança.

Quanto mais rápido for o atendimento, mais rápido será feito o tratamento e as chances de melhora.

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS