Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
FEMINICÍDIO

Idoso é preso após matar a esposa em Paragominas 

De forma covarde, Dário Paiva assassinou sua companheira, Valdirene Travassos, com golpes de uma faca do tipo peixeira. Ele fugiu após o crime, mas foi localizado e preso por policiais militares

terça-feira, 01/03/2022, 08:36 - Atualizado em 01/03/2022, 08:35 - Autor: J R Avelar/ Diário do Pará

Google News

Dário Paiva de Souza desferiu diversas facadas contra Valdirene e fugiu
Dário Paiva de Souza desferiu diversas facadas contra Valdirene e fugiu | Divulgação

A Polícia Militar de Paragominas prendeu em flagrante um homem, réu confesso na morte da companheira na noite do ultimo sábado (26), no bairro Laércio Cabeline II, no município de Paragominas, na região nordeste do Pará.

A vítima foi identificada como Valdirene Travassos do Socorro, de idade não revelada. Segundo informações, o companheiro da vítima, identificado como Dário Paiva de Souza, desferiu diversas facadas contra Valdirene, sua companheira, e se evadiu do local logo após cometer o crime.

O crime aconteceu em plena rua, por volta das 22h30, em um momento que poucas pessoas estavam no local, o que facilitou a ação do agressor que, armado com uma faca peixeira, passou a desferir golpes fatais contra a companheira.

O feminicídio chamou atenção dos moradores, que acionaram a Polícia Militar e já na madrugada de domingo (27), após buscas pela região, conseguiu prender o homicida, que estava escondido na casa de parentes. De imediato, o mesmo foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Paragominas.

A Polícia Militar informou que Dário Paiva de Souza foi preso na rua Lauro Martins e foi entregue pelos próprios familiares, que informaram de sua presença no local.

A Polícia Civil registrou o crime de feminicídio e acionou uma equipe da Polícia Científica do Pará, que realizou o levantamento de local de crime e remoção do corpo de Valdirene Travassos do Socorro.

OUTRO CRIME

A Polícia Civil de Paragominas informou que Dário já cumpriu 10 anos de prisão por ter assassinado, com cerca de 30 facadas, a mãe de seus 7 filhos.

Em liberdade, o criminoso conheceu Valdirene Travassos do Socorro, a qual, por motivo fútil, também foi covardemente assassinada por Dário, que foi autuado em flagrante pelo crime de feminicídio e novamente está na cadeia. (com informações de Tiago Silva)

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS