Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
CRIME EM SETEMBRO DE 2020

Ex-companheiro da cabo Andreza é preso por feminicídio

Caso ganhou grande repercussão na imprensa; ex-companheiro da cabo também é policial

terça-feira, 31/08/2021, 18:57 - Atualizado em 31/08/2021, 20:47 - Autor: DOL


Policial militar Andreza Maria da Silva Araújo do Nascimento foi morta com tiro em setembro de 2020
Policial militar Andreza Maria da Silva Araújo do Nascimento foi morta com tiro em setembro de 2020 | Reprodução

Foi preso preventivamente, nesta terça-feira (31), o soldado Fagner, ex-companheiro e acusado da morte da policial militar Andreza Maria da Silva Araújo do Nascimento, cometida na noite do dia 15 de setembro de 2020. 

Cabo Andreza: morte completa um mês e ainda é mistério

Cabo Andreza foi morta com um tiro após uma possível briga com o soldado. Ela chegou a ser resgatada e encaminhada para um hospital particular em Ananindeua, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Familiares da vítima fizeram diversas manifestações cobrando a prisão de Fagner. 

A prisão do acusado foi solicitada pela justiça comum, e não pela justiça militar. 

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS