Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
GANGUE DA MOTO

Assaltantes tocam o terror na Cidade Nova

Grupo costuma agir principalmente no início da manhã e escolhe como vítimas trabalhadores que estão de saída para o serviço.

terça-feira, 04/01/2022, 12:45 - Atualizado em 04/01/2022, 17:10 - Autor: Redação DOL

Google News

"Gangue da moto" faz três vítimas, na Cidade Nova.
"Gangue da moto" faz três vítimas, na Cidade Nova. | Reprodução

Um grupo criminoso tem espalhado o terror no Conjunto Cidade Nova, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. Conhecidos como a "gangue da moto", os assaltantes agem principalmente no início da manhã e escolhem como vítimas os trabalhadores que precisam sair de casa bem cedo para ir para o serviço.

Armados, eles cercam as pessoas e levam as bolsas, celular, joias e demais pertences que tiverem. A ação costuma ser rápida, dura poucos segundos, mas o trauma que eles deixam entre as vítimas leva tempo para ser esquecido.

Na segunda-feira (3), câmeras de segurança de uma residência registraram a ação destes bandidos na Travessa WE 43, na Cidade Nova 4. Três pessoas caminhavam pela via, as 6h23, quando os três meliantes se aproximaram. Um deles seguia sozinho na motocicleta e estava mais a frente. Os outros dois estavam na mesma moto.

Equipe de TV tem carro arrombado e é furtada em Belém

O que segue sozinho fecha as vítimas, impedindo que elas sigam a caminhada. Os demais fazem a abordagem e roubam os objetos. Uma das vítimas teve de ficar com as mãos para cima no meio da rua.  

Ainda não se tem a confirmação se as vítimas deste assalto registraram boletim de ocorrência. O vídeo das câmeras de monitoramento também foram compartilhadas em um grupo no Facebook, que reúne moradores da Cidade Nova. A postagem gerou um fórum em que vários internautas relatam que a ação deste grupo é recorrente.

 

|
  

Em outros comentários, um internauta disse que já foi vítima de um assalto na mesma modalidade. Antes dele, outro perfil ressalta que o 6º Batalhão de Policiamento Militar é que cobre a segurança pública do conjunto residencial.

 

|
   

O DOL solicitou um posicionamento para as polícias Civil e Militar e também para a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) para saber se já há investigações em andamento e o que está sendo feito para coibir a ação destes bandidos.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS