Pela segunda vez em menos de vinte dias uma família moradora do município de Trairão, na região sudoeste paraense, acaba sendo vítima da violência e desta feita foi uma mulher morta a tiros. Segundo as informações, por volta das 19h55, da última sexta-feira (26), funcionários do Hospital Municipal de Uruará ligaram para a Central da Polícia Militar na cidade informando sobre a entrada de uma mulher baleada na unidade de saúde. 

Uma guarnição de serviço foi acionada pela central para averiguar a ocorrência e, de imediato, fez o deslocamento até o Hospital Municipal de Uruará onde foi constatada a veracidade da informação. 

A vítima que estava no hospital era uma mulher de 25 anos, que apresentava três perfurações de arma de fogo e se encontrava em procedimento cirúrgico. Ela estava na casa de uma amiga, quando dois pistoleiros chegaram invadindo a casa. 

A amiga, identificada como Jéssica Sousa Porto, de 31 anos, foi alvejada com disparos de arma de fogo e morta dentro da própria residência. Ela seria esposa de David Menezes de Alencar, de 19 anos, que também foi assassinado no dia 12 de junho passado nas proximidades do mercado Municipal de Uruará. 

Na época, ele tinha vindo do município de Trairão onde morava para buscar a esposa e a filha de seis meses quando acabou sendo morto com quatro tiros. A Polícia Militar e Polícia Civil estiveram no local realizando os primeiros levantamentos e características dos autores do crime e após o procedimento de local de crime o corpo de Jéssica Porto foi removido e encaminhado para o necrotério do Hospital de Uruará.

Jéssica foi morta dias após a morte do companheiro, também assassinado Foto: Reprodução

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS