Diário Online
Capa do Dia
VALENDO A PARTIR DE HOJE

Transexualidade é desconsiderada doença mental pela OMS

No Brasil, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) já orientava desde o início de 2018 para que profissionais da área não tratassem a transexualidade como uma doença

segunda-feira, 03/01/2022, 19:39 - Atualizado em 03/01/2022, 19:49 - Autor: Fonte : Metrópoles


Movimento dos transexuais comemora a boa notícia nos primeiros dias do ano.
Movimento dos transexuais comemora a boa notícia nos primeiros dias do ano. | reprodução

A transexualidade deixou nesta segunda-feira (3), efetivamente, de ser considerada um transtorno mental pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A decisão já havia sido tomada pela organização internacional em 2018. Na época, a OMS fixou o prazo de 1º de janeiro de 2022 para que a medida fosse adotada por todos os países membros do organismo.

Leia também: Sem máscara, negacionista tenta agredir em supermercado 

Boa parte do mundo científico considerou a transexualidade e outras formas de sexualidade como transtornos mentais, muitos curáveis com terapias como eletrochoque. A Classificação Internacional de Doenças (CID) manteve a transexualidade como um transtorno mental por mais de 28 anos.

No Brasil, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) já orientava desde o início de 2018 para que profissionais da área não tratassem a transexualidade como uma patologia.

A CID é um cadastro com mais de 50 mil códigos únicos para doenças, problemas de saúde e lesões. Ela é atualizada periodicamente pela OMS pelo plenário da entidade, que reúne todos os países membros. 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS