DOL Carajás
Cidades / Itupiranga
EM 47 ANOS

Vila Cruzeiro recebe pela primeira vez um governador do Pará

Ele prestigiou uma das festas tradicionais da região, a Cavalgada, disse à população que trabalha em parceria e conclamou todos a se vacinar contra a covid-19

sábado, 20/11/2021, 19:07 - Atualizado em 20/11/2021, 19:07 - Autor: Agência Pará


Helder Barbalho chegou em meio a uma das mais tradicionais festas da região, a Cavalgada, que está em sua 12ª edição
Helder Barbalho chegou em meio a uma das mais tradicionais festas da região, a Cavalgada, que está em sua 12ª edição | Reprodução

Criada em 1974, a Vila Cruzeiro do Sul, distante cerca de 210 quilômetros da sede do município de Itupiranga, no sudeste do Estado, recebeu na tarde deste sábado, 20, pela primeira vez, a visita de um governador do Pará. 

Helder Barbalho chegou em meio a uma das mais tradicionais festas da região, a Cavalgada, que está em sua 12ª edição, e ao ser recebido pelos prefeitos que compõem as "Quatro Bocas", como o local é conhecido, pediu união, fez apelo à população para que se vacinem contra a covid-19, e prometeu trabalhar, a partir de dezembro deste ano, em uma pauta conjunta de demandas para um maior e melhor desenvolvimento da região.

"Estamos em uma das regiões mais fantásticas do Brasil e do mundo. Muita gratidão em estar aqui pela primeira vez e queria dizer que a minha presença deve ser vista, acima de tudo, como a disposição em poder ser parceiro de vocês. Eu não viria se não quisesse trabalhar por essa comunidade", disse ele.

Helder lembrou que propôs e trabalha por uma gestão presente - e parte dessa missão é não se limitar a estar somente na sede dos municípios. "Estar aqui é um reconhecimento da pujança de vocês", elogiou.

O prefeito de Itupiranga, Benjamim Tasca, agradeceu bastante ao governador por endossar o uma relação harmoniosa entre os poderes. "Aqui estamos em um entroncamento: Itupiranga, Canaã dos Carajás, Parauapebas e São Félix do Xingu. Cruzeiro do Sul é uma vila, mas é maior que muitos municípios paraenses, mas de renda pequena, o que torna impossível a assistência que o povo merece. Tudo o que tem aqui e nas vilas ao redor é construção do povo com o apoio que as prefeituras podem dar. Se a gente somar tudo isso ao dinamismo do governador de estar presente, sem se esconder dos problemas, poderemos caminhar muito além. Aqui precisa de tudo: estrada, saúde, educação", explica.

PARCERIA

Luciano Dias, vice-prefeito de Marabá, confirmou o 20 de novembro histórico vivido pela população. "É um antes e um depois com essa visita. Somos um povo desenvolvimentista e precisamos melhorar nos outros pontos. Não queremos promessa de fazer ou não, e sim parceria", destacou.

Valdir Lemes, prefeito de Novo Repartimento, lembrou que entraves ambientais e questões fundiárias também necessitam de uma união de forças para serem sanadas. "Aqui é região que governadores ignoravam, e sua vinda vai permitir que isso não aconteça mais, que não haja tanta discrepância entre regiões. As pessoas daqui precisam ser vistas e se sentir como sendo deste Estado", pontuou o gestor. 

HOMENAGENS

Em um gesto simbólico, Helder Barbalho calçou um par de botas que ganhou de presente da Coordenação de Leilões do município, confirmando estar "calçando" as reivindicações dos trabalhadores.

Da Associação Sul Paraense de Pecuaristas (Aspape), o governador do Pará recebeu uma placa de honraria por ter sido o primeiro chefe do Executivo Estadual a estar na vila Cruzeiro do Sul.

VACINA 

O governador garantiu que paralisou as ações da Buritirama Mineração na região até que a empresa se comprometa a asfaltar a estrada do Rio Preto, que liga todos os municípios. "Nada contra a atuação do empresariado, mas o que não dá é virem ganhar um monte de dinheiro aqui sem deixar nada agora à população. Negativo", anunciou.

 

Helder Barbalho chegou em meio a uma das mais tradicionais festas da região, a Cavalgada, que está em sua 12ª edição, e ao ser recebido pelos prefeitos que c... DOL CARAJÁS
 

Helder encerrou sua fala com um apelo pela vacinação dos moradores de todo o sudeste paraense. "Por favor, por favor. Vocês não estavam com saudade desse tipo de festa como a de hoje? Todo mundo está com saudade de uma vida normal, e não é mais possível que a gente volte a viver esse drama. Itupiranga, Marabá, Novo Repartimento, em todo lugar tem vacina. Nem eu e nem os prefeitos somos babás, agora tem que ter consciência e saber de suas responsabilidades", conclamou.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS