DOL Carajás
Cidades / Marabá
MARABÁ

Obras na BR-230 mudarão o trânsito no perímetro urbano

A obra está sendo executada pela Secretaria de Obras, com aprovação do DNIT

quarta-feira, 09/06/2021, 16:13 - Atualizado em 28/07/2021, 19:14 - Autor: Alessandra Gonçalves


Imagem ilustrativa da notícia: Obras na BR-230 mudarão o trânsito no perímetro urbano
| Reprodução RBATV

Palco de vários acidentes de trânsito, a BR-230 (Rodovia Transamazônica), perímetro urbano, está passando por obras. O objetivo é melhorar a trafegabilidade no local.

A obra está sendo executada pela Secretaria Municipal de Obras e Viações Públicas (Sevop), com aprovação do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes). Os serviços começaram a ser executados no final do último mês de maio.

 

| REPRODUÇÃO
 


O secretário de Obras, Fábio Moreira, explica que existem dois retornos na rodovia, sendo um às proximidades do Crismu (Centro de Referência Integrada à Saúde da Mulher), na Folha 33 e outro, do outro lado, na Folha 32, próximo a rodoviária. Devido o projeto ter ficado complicado para uso e a população utilizar de maneira inversa, o problema será corrigido agora.

“Vamos colocar da forma que 90% das pessoas utilizam. Quem quiser pegar o sinal para ir para a VP-8, vai poder descer normalmente ali com o retorno bem mais extenso, com pista de desaceleração, dando mais segurança e do outro lado a mesma coisa”, explicou Fábio Moreira.

Quem vai da Nova Marabá e quiser pegar a pista debaixo para poder ir para a VP-8 vai poder. “Vai ser fechado esse retorno que já existe e vão ser construídos novos retornos, com mais segurança e com uma extensão maior”, informou o secretário.

MÃO ÚNICA

As pistas marginais tanto de um lado, quanto do outro, que atualmente são mistas se tornarão mão única, sentido paralelo à rodovia. Além dos dois retornos, os serviços da Sevop farão também o alargamento, em dois trechos que ela é estrangulada, na saída da rodoviária da Folha 32, que vai ser alargado e na chegada do Núcleo Cidade Nova, que vai ser fechado aquele retorno e a pista também será alargada.

A previsão é de que a obra seja concluída em um prazo de três meses. Após isso, o DMTU (Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano) fará toda sinalização de trânsito, além do trabalho orientativo para a população poder entender o novo sistema.

“A gente acredita que vai ser absolvido de maneira muito fácil, porque justamente o objetivo foi simplificar. Mão única em toda extensão e o retorno do jeito que a população já faz. Então, eu acho que vai facilitar e deixar o trânsito mais seguro”, concluiu o secretário de Obras.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS