plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 25°
cotação atual R$


home
REVALIDAÇÃO

PF desarticula esquema de falsificação de diploma 

Investigados ofereciam serviço de revalidação de diplomas de cursos de mestrado e doutorado

Imagem ilustrativa da notícia PF desarticula esquema de falsificação de diploma  camera Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Marabá | Divulgação

Todos os anos milhares de estudantes deixam o Brasil para estudar em universidades estrangeiras. Mas, para exercer a profissão no seu país eles precisam ainda revalidar o seu diploma.

Com o sonho de terem os seus diplomas revalidados, muitos estudantes caíram em um golpe articulado por uma organização criminosa que foi alvo de operação da Polícia Federal nesta quarta-feira (25), em Marabá, no sudeste do estado.

Durante a operação Academus, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, sendo um em uma instituição privada; um na residência do diretor desta instituição e outro na casa de um professor suspeito de envolvimento no esquema fraudulento.

Entre os investigados o diretor e um professor de uma instituição privada da cidade
📷 Entre os investigados o diretor e um professor de uma instituição privada da cidade |Divulgação

De acordo com a Polícia Federal, os investigados ofereciam serviço de revalidação de diplomas de cursos de mestrado e doutorado que foram cursados no Paraguai e afirmavam que os diplomas seriam revalidados por instituições credenciadas pelo MEC em outros Estados através de convênios, como por exemplo, Estado de São Paulo.

INVESTIGAÇÃO

De acordo com o delegado Ezequias Martins, da Polícia Federal, as investigações começaram quando uma pessoa que seria vítima do golpe, acabou suspeitando da facilidade para a revalidação do diploma e entrou em contato com a instituição que o grupo criminoso dizia que tinha parceria e essa instituição afirmou que os diplomas seriam falsos.

Diante disso, a instituição em São Paulo entrou em contato com a Polícia Federal, providenciou a notícia crime do fato, comunicando que alguém estava utilizando o nome da instituição de maneira fraudulenta para a emissão de revalidação e a partir daí começou as investigações.

“Depois foram descobertos diversos diplomas que teriam sido revalidados”, contou o delegado, acrescentando que eles recolhiam o diploma verdadeiro das instituições no exterior e emitiam diplomas falsos afirmando que teriam vínculos com instituições que realmente emitem e fazem esse processo de reconhecimento.

A investigação apontou que os suspeitos atuaram em outros Estados da federação como Alagoas, Mato Grosso, Pará, Piauí, Maranhão, sempre usando o mesmo modus operandi.

BUSCAS

Só em um dos locais que foi alvo da operação nesta quarta-feira foram encontrados diversos documento e diplomas do exterior, além de teses dos alunos, que supostamente seriam analisadas para ver se estavam em conformidade com procedimento de reconhecimento de validade no Brasil.

Os investigados poderão responder pelos crimes de associação criminosa, falsificação de documento público, estelionato, dentre outros. A investigações seguem em andamento.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Marabá

Leia mais notícias de Marabá. Clique aqui!

Últimas Notícias