DOL Carajás
Cidades / Marabá
TÁ DIFÍCIL

Motoristas de app sentem alta do preço da gasolina. Vídeo

Aumento do preço do combustível obriga trabalhadores a encararem jornadas exaustivas, de domingo a domingo

quarta-feira, 08/09/2021, 19:11 - Atualizado em 08/09/2021, 19:11 - Autor: Alessandra Gonçalves


Disparada no preço da gasolina afetou em cheio a categoria
Disparada no preço da gasolina afetou em cheio a categoria | Reprodução

Um dos setores que mais sente os reflexos da alta no preço da gasolina são a dos profissionais do transporte, dentre estes motoristas de aplicativos, taxistas e mototaxistas. A disparada no preço da gasolina afetou em cheio a categoria.

De acordo com Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), até julho deste ano, o preço da gasolina subiu 27,51% e o reflexo desses reajustes é sentido no bolso por quem trabalha e tem a gasolina como base para a renda. Em Marabá, sudeste do estado, a gasolina já é vendida por mais de R$ 6. 

O motorista João Gava trabalhava em uma empresa de transporte e deixou o emprego para trabalhar por conta própria. Ele comprou um carro e há cerca de 10 meses se tornou motorista de aplicativo. “Quando eu comecei a trabalhar a gasolina não era esse preço e as taxas menores”, afirma.

Outra reclamação é o de baixo percentual que as plataformas repassam do valor das corridas, por isso, a estratégia que ele usa é trabalhar com plataformas locais. “É muito difícil trabalhar com a 99 e a Uber em Marabá porque são corridas que bem abaixo da realidade da cidade, com a gasolina com o preço que está às vezes não compensa. No final tem que trabalhar muito, rodar muito dia e noite, para ver se no final sobre alguma coisa”, afirma.

TAXISTAS

Quem também sofre com a situação é o taxista João Gava, que trabalha na rodoviária “Pedro Marinho de Oliveira”, na Folha 32, na Nova Marabá. “Está sendo um salve-se quem puder. A gente passa a noite rodando para apurar entre R$ 150 a R$200. Vai abastecer, quando chega na hora do abastecimento fica com nada. As vezes sobre uma merreca, sobra R$ 30”, afirma.  

 Confira a reportagem na íntegra: 

 

DESDE O INÍCIO DO ANO O PREÇO DO COMBUSTÍVEL TEM AUMENTADO CONSIDERAVELMENTE E O REFLEXO DESSES REAJUSTES É SENTIDO NO BOLSO POR QUEM TRABALHA E TEM A GASOLI... DOL CARAJÁS
 



Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS