DOL Carajás
Cidades / Marabá
MEIO AMBIENTE

Semas descentraliza serviços e entrega novo núcleo regional

Nova sede contará com 18 servidores que atuarão em um espaço ampliado para atendimento aos municípios da Região do Carajás e da Região Lago do Tucuruí

sexta-feira, 26/11/2021, 15:41 - Atualizado em 26/11/2021, 15:41 - Autor: Agência Pará


A oferta dessa nova estrutura reforça o compromisso da Semas em ampliar a desconcentração dos serviços da secretaria no Nure de Marabá
A oferta dessa nova estrutura reforça o compromisso da Semas em ampliar a desconcentração dos serviços da secretaria no Nure de Marabá | Alex Ribeiro/Ag. Pará

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) entregou o novo prédio do Núcleo Regional (Nures) de Marabá, na região Sudeste do Pará. A nova sede contará com 18 servidores que atuarão em um espaço ampliado para atendimento aos municípios da Região do Carajás e da Região Lago do Tucuruí. 

“É plano de governo do estado descentralizar as atribuições da Semas e, para isso, é preciso fortalecer os núcleos regionais que a gente tem no interior. Eu considero isso como retribuição aos servidores, do esforço que têm empreendido. As demandas de licenciamento e de Cadastro Ambiental Rural (CAR) aumentaram muito neste governo", ressaltou o secretário de estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mauro Ó de Almeida. 

 

A nova sede contará com 18 servidores que atuarão em um espaço ampliado para atendimento aos municípios da Região do Carajás e da Região Lago do Tucuruí
A nova sede contará com 18 servidores que atuarão em um espaço ampliado para atendimento aos municípios da Região do Carajás e da Região Lago do Tucuruí | Alex Ribeiro/Ag. Pará
 

"Os servidores aqui têm que se dedicar ainda mais para cumprir essas tarefas e para isso, a gente vai melhorando as estruturas físicas e reforço de equipamentos para que eles possam trabalhar cada dia melhor. Esse é um degrau, nós temos uma previsão de construção de uma sede definitiva e bem equipada aqui na região de Marabá e pretendemos fazer isso nos próximos anos”, ressaltou o secretário.

A Semas conta com 6 Núcleos Regionais em Marabá, Santarém, Redenção, Paragominas, Altamira e Itaituba. Também conta com um escritório em São Félix do Xingu. “Esses núcleos são importantes para a expansão dos serviços da nossa Secretaria, justamente nas regiões mais distantes para que nossos usuários possam ter um acesso mais rápido, mais fluido. E levam a regularização ambiental, fazem a relação entre os municípios que estão mais próximos para irem à sede, irem ao gabinete, irem às secretarias adjuntas. Eles têm seu principal objetivo na regularização ambiental,  que é o início da análise do CAR, passando pelo licenciamento, chegando até a regularização junto ao PRA, isso dentro das Agendas Verde e Marrom”, pontuou Elisama Moreira, técnica da diretoria do núcleo regional da Semas.

ECONOMIA

A economia dessa região gira em torno principalmente das atividades de mineração e bovinocultura, então o núcleo regional de Marabá tem importância no desenvolvimento dessa atividade, na regularização dessa atividade, perpassando por essas fases do licenciamento até a regularização final desses empreendedores. 

É de suma importância que o ambiente de trabalho esteja adequado, não só para os nossos servidores, mas também para os nossos usuários que precisam do osso atendimento e quando se tem instrutura melhor se trabalha melhor, a produtividade e qualidade são melhores, então isso é de extrema importância.

 

A Semas conta com 6 Núcleos Regionais em Marabá, Santarém, Redenção, Paragominas, Altamira e Itaituba
A Semas conta com 6 Núcleos Regionais em Marabá, Santarém, Redenção, Paragominas, Altamira e Itaituba | Alex Ribeiro/Ag. Pará
 

A oferta dessa nova estrutura reforça o compromisso da Semas em ampliar a desconcentração dos serviços da secretaria no Nure de Marabá e oferece um suporte maior para o servidor no exercício de suas atividades.

“A estrutura hoje comporta que eles façam capacitação para o público externo. Era uma das demandas que nós tínhamos, atender, por exemplo, um perfil de usuário que tenha alguma dificuldade técnica com os sistemas da Semas, então nós temos esse objetivo de ampliar um pouco mais os nossos serviços que têm uma demanda muito grande em relativo ao licenciamento, mas que hoje a gente pode ampliar um pouco mais para essas capacitações tanto para o nosso público interno, quanto para o nosso público externo, para o nosso usuário”, contou Fernanda Miranda, coordenadora do núcleo regional de Marabá da Semas.

SUSTENTABILIDADE

O prédio conta com um biodigestor, um equipamento desenvolvido pra geração de gás e biofertilizante a partir do reaproveitamento de resíduo sólido orgânico gerado na unidade. 

“Esse equipamento é um biodigestor, desenvolvido para gerar biofertilizante e biogás a partir do reaproveitamento de resíduos orgânicos. Ele gera aproximadamente 3 litros de biofertilizante por dia e uma economia de gás de cozinha de aproximadamente de 1 botijão, então, isso gera autonomia de gás para a unidade regional, como também deixa de destinar todo esse resíduo orgânico gerado aqui para os aterros sanitários”, Brenda Hachem, coordenadora de sustentabilidade.

A Semas enquanto Secretaria de Meio Ambiente possui a preocupação com a geração e destinação adequada dos resíduos gerados na unidade, então, para essa unidade, onde não tem um quantitativo significativo, ele atende tanto a questão dos resíduos orgânicos, consegue reciclar 100% dos resíduos orgânicos gerados na unidade, quanto a autonomia do gás utilizado dentro da unidade. É a primeira unidade que está sendo instalada na região sudeste do Pará dos núcleos regionais da Semas. 

 

O prédio conta com um biodigestor, um equipamento desenvolvido pra geração de gás e biofertilizante a partir do reaproveitamento de resíduo sólido orgânico gerado na unidade
O prédio conta com um biodigestor, um equipamento desenvolvido pra geração de gás e biofertilizante a partir do reaproveitamento de resíduo sólido orgânico gerado na unidade | Alex Ribeiro/Ag. Pará
 

A entrega da nova unidade contou com a presença do secretário municipal de Meio Ambiente de Marabá (Semma), Rubens Sampaio, do secretário adjunto de Recursos Hídricos, Clima e Bioeconomia da Semas, Raul Protázio, do representante do Centro Regional de Governo do Sul/Sudeste, Odilon Vieira, e dos técnicos da secretaria. O escritório funciona de 8h as 14 para atendimento ao público, na Avenida Itacaiúnas, nº 1412.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS