DOL Carajás
Cidades / Outras
CONTRABANDO

PRF apreende carreta com cigarros, TV Box's e eletrônicos

A nota fiscal dizia que a carreta estaria levando Cacau em grãos e Castanha do Pará

segunda-feira, 08/11/2021, 16:17 - Atualizado em 08/11/2021, 17:09 - Autor: Ascom PRF


A Polícia Rodoviária Federal abordou um caminhão modelo Volvo tracionando um semirreboque, durante fiscalização de rotina no km 16 da BR-010
A Polícia Rodoviária Federal abordou um caminhão modelo Volvo tracionando um semirreboque, durante fiscalização de rotina no km 16 da BR-010 | Divulgação PRF

Não apenas a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), tem conseguido interceptar caminhões e cargas com irregularidades nas estradas e rodovias do sul e sudeste paraense. A PRF também tem registrado muitos flagrantes de cargas irregulares e o que chama a atenção, é o número de eletrônicos entre outros produtos não condizentes com as notas fiscais.

No último domingo (7), no município de Dom Eliseu distante cerca de 232 quilômetros de Marabá no sudeste paraense, a Polícia Rodoviária Federal abordou um caminhão modelo Volvo tracionando um semirreboque, durante fiscalização de rotina no km 16 da BR-010.

 

A nota fiscal dizia que a carga deveria ser de Cacau em grãos e Castanha do Pará
A nota fiscal dizia que a carga deveria ser de Cacau em grãos e Castanha do Pará | Divulgação PRF
 

Ao ser questionado sobre as notas fiscais das cargas transportadas, o condutor apresentou à equipe um Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica (Danfe) informando que o produto seria Cacau em grãos e Castanha do Pará. O motorista também afirmou que teria recebido a carga de um desconhecido e que estaria levando a mesma para a cidade de São Paulo (SP), no sudeste do país.

Veja também!

Sefa apreende 500 estacas de madeira sem nota fiscal

Vereadores formalizam representação contra concessionária

Traficante foge da polícia, mas antes deixa cair a maconha

Durante a abordagem para a conferência da carga e verificação se a mesma estava de acordo com a Nota Fiscal apresentada pelo condutor, a equipe encontrou inicialmente indícios de possíveis irregularidades como o fato de o veículo estar com o peso acima do que havia descriminado no documento fiscal.

A equipe, portanto, solicitou a abertura do baú para confrontar as mercadorias. Ao analisar a carga, foi constatado a presença de cerca de 13.000 carteiras de cigarro oriundos da República Popular da China, além da presença também de 1.500 TVs BOX e 15.600 peças de vestuário, dentre outras mercadorias de diversas marcas e eletrodomésticos diversos.

Diante da ausência de documentação fiscal e desembaraço alfandegário, a carga e os veículos foram encaminhados a Receita Federal e o condutor foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para a realização dos procedimentos cabíveis. Foram constatados, a princípio, os crimes de descaminho e contrabando.

 

Foi constatado a presença de cerca de 13.000 carteiras de cigarro oriundos da República Popular da China, além da presença também de 1.500 TVs BOX e 15.600 peças de vestuário
Foi constatado a presença de cerca de 13.000 carteiras de cigarro oriundos da República Popular da China, além da presença também de 1.500 TVs BOX e 15.600 peças de vestuário | Divulgação PRF
 



Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS