DOL Carajás
Cidades / Redenção
AUTORIZADO

Redenção retornará com aulas 100% presenciais 

As atividades de retorno das aulas deverão seguir todos os protocolos sanitários de segurança

sexta-feira, 14/01/2022, 10:23 - Atualizado em 14/01/2022, 15:53 - Autor: Sandra Regina de Conceição do Araguaia


A decisão ocorreu após reunião do Ministério Público, Vigilância Sanitária e Secretaria de Educação
A decisão ocorreu após reunião do Ministério Público, Vigilância Sanitária e Secretaria de Educação | Divulgação

O Ministério Público do Estado do Pará juntamente com a Vigilância Sanitária e a Semec (Secretaria Municipal de Educação e Cultura) se reuniram para definir a volta das aulas no modelo 100% presencial das escolas municipais e particulares de Redenção, Sul do Pará.

As aulas serão retomadas dentro da previsão do início do ano letivo, no modelo 100% presencial, a partir do dia 24 de janeiro. Na reunião foram apresentados dados pela Semec, que informava que entre 20 de setembro a 17 de dezembro de 2021, em que ocorreu aulas no modelo híbrido nas escolas municipais, o número de alunos infectados com Covid-19 foi de apenas de 18 estudantes, o que representa 0,11% no raio de 15.027 alunos matriculados na rede municipal dentro do período.

A reunião ocorreu no modelo virtual e contou com a presença do promotor de justiça Leonardo Caldas; o secretário de Educação Vanderly Moreira, equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde e representantes da Vigilância Sanitária, além de outras autoridades. O promotor Leonardo Caldas após a apresentação dos dados decidiu autorizar a retomada das aulas 100% presencial.

VEJA TAMBÉM:

Vídeo: Estado pagará um salário mínimo a famílias em Marabá

Governo inclui 3 milhões de famílias. Veja se tem direito!  

No encontro também ficou acordado que as atividades de retorno das aulas deverão seguir todos os protocolos sanitários de segurança, uso de máscara facial, higienização com álcool em gel nos espaços internos e no portão de entrada das unidades de ensino, além de outras determinações. A responsabilidade de cumprir os protocolos sanitários nas unidades de ensino, são dos gestores escolares tanto das escolas municipais, quanto das escolas particulares. 


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS