DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
INDENIZAÇÃO

Júri decide que Amber Heard difamou Johnny Depp 

A história do casal virou assunto na mídia após a atriz fazer diversas acusações em um artigo no jornal "Washington Post"

quarta-feira, 01/06/2022, 18:14 - Atualizado em 01/06/2022, 18:18 - Autor: Com Informações de Isto é e Notícias UOL

Google News

Júri decidiu que a atriz Amber Heard difamou seu ex-marido Johnny Depp
Júri decidiu que a atriz Amber Heard difamou seu ex-marido Johnny Depp | Grosby Group

O casal Johnny Depp e Amber Heard se conheceu em 2011, enquanto filmava "Diário de um Jornalista Bêbado", e se casou em 2015. A história de amor, entretanto, não durou muito mais que isso, com o divórcio finalizado cerca de dois anos depois. O que poderia já representar o triste fim de uma paixão ganhou proporções ainda maiores quando o caso chegou até a Justiça.

A história do casal virou assunto na mídia após a atriz fazer diversas acusações em um artigo no jornal "Washington Post", mesmo sem nomear o marido, afirmando ter sido agredida, inclusive dizendo que o ator teria quebrado seu nariz. 

Depp, astro da franquia "Piratas do Caribe", processou Heard no Estado da Virgínia, pedindo US$50 milhões e acusando-a de difamação pelo artigo. Heard contra-atacou, pedindo US$100 milhões e dizendo que ela foi difamada por um antigo advogado do ator, que classificou as acusações da atriz como "farsa". 

Veja também:

Joelma grava vídeo falando sobre inchaço no rosto

José Leôncio promove guerra entre os herdeiros por herança 

Nesta quarta-feira (1º) o júri de um tribunal da Virgínia decidiu que a atriz Amber Heard difamou seu ex-marido Johnny Depp e estabeleceu um pagamento de 15 milhões de dólares ao ator como indenização, após um julgamento de seis semanas amplamente assistido que contou com depoimentos e evidências explícitas detalhando o relacionamento tenso do ex-casal de Hollywood.

Já Depp deve pagar 2 milhões à ex-mulher. Ele não estava no local quando a decisão foi anunciada, assistindo por vídeo, da Inglaterra. Já Amber Heard estava no tribunal. "A decepção que eu sinto hoje vai além das palavras", disse ela ao final.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)