DOL Carajás
SEM SÃO JOÃO

Pelo primeiro ano Marabá ficará sem festejo junino

Por conta ainda da pandemia da Covid-19, a Secult resolveu não fazer nada este ano

quarta-feira, 09/06/2021, 16:55 - Atualizado em 09/06/2021, 16:55 - Autor: ALESSANDRA GONÇALVES


Imagem ilustrativa da notícia: Pelo primeiro ano Marabá ficará sem festejo junino
| DIVULGAÇÃO / PMM

Pelo primeiro ano, Marabá ficará sem o tradicional festejo junino por causa da pandemia da Covid-19. A informação foi confirmada pelo secretário de Cultura, José Scherer, na manhã desta segunda-feira (7). Ano passado aconteceu um festejo, mas somente via lives e redes sociais.

“Não vai ter nada de festejo junino, nem virtual. A prefeitura não quer ser cúmplice dessa doença (Covid-19)”, ponderou o secretário, complementando que se analisarmos o Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde podemos perceber que não está tendo leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e a situação ainda é complicada no município.

Para Ademar Dias, coordenador da tradicional Quadrilha Fogo no Rabo, o evento junino poderia ser feito, igual ocorreu no ano passado de forma online. “Poderíamos fazer com um ou dois casais, porque sem nada pela Secretaria de Cultura, o movimento esfria e é um impacto muito grande”, analisa.

Ademar Dias afirma ainda que o Governo do Estado, através da Fundação Cultural do Pará (FCP) vai promover um concurso e os quadrilheiros de Marabá estão vendo se conseguem participar. “Vamos ver se a gente consegue mandar o vídeo para ficar entre as 30 melhores do estado”, disse, ressaltando que o edital acabou restringindo um pouco as quadrilhas do interior, mas que Marabá tem um grande potencial e já representou o estado e ganhou nacionalmente.

O Festejo Junino de Marabá é tombado como Patrimônio de Natureza Imaterial do Estado do Pará, pela Lei nº 5.556 de 21 de setembro de 2011.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS