DOL Carajás
SURTO DE COVID-19

Time feminino do Gavião não vai pra final contra o Remo

Seis integrantes da equipe indígena do sudeste do estado do Pará testaram positivo para Covid-19, sendo quatro jogadoras e dois integrantes da comissão técnica

sábado, 22/01/2022, 16:28 - Atualizado em 22/01/2022, 16:28 - Autor: DOL Carajás

Google News

O confronto de volta da decisão do Campeonato Paraense de Futebol Feminino, diante do Clube do Remo, está marcado para acontecer neste domingo (23), 9h30
O confronto de volta da decisão do Campeonato Paraense de Futebol Feminino, diante do Clube do Remo, está marcado para acontecer neste domingo (23), 9h30 | Reprodução

O Gavião Kyikatejê confirmou na tarde deste sábado (22) que o time feminino que está disputando o Campeonato Paraense de Futebol não irá a Belém para enfrentar o Clube do Remo na final da competição. Pelo menos seis jogadoras do time indígena foram confirmadas com Covid-19 inviabilizando o time de participar do jogo final.

O confronto de volta da decisão do Campeonato Paraense de Futebol Feminino, diante do Clube do Remo, está marcado para acontecer neste domingo (23), 9h30, no estádio Baenão. 

Seis integrantes da equipe indígena do sudeste do estado do Pará testaram positivo para Covid-19, sendo quatro jogadoras e dois integrantes da comissão técnica.

A informação foi confirmada pelo presidente do Gavião Kyikatejê, Jakure Pepkrakte, reiterou que a delegação não estará presente no local do jogo. "O clube não vai poder estar presente no jogo devido o surto de covid-19 dentro de nossa aldeia por conta das nossas atletas que talvez tenham se infectado no jogo contra o Remo. Já encaminhei documentação para a Federação dizendo que nossa médica pede que todos se mantenham em quarentena", disse.

"Não vamos nos arriscar sair daqui para Belém sabendo que talvez mais atletas possam estar infectadas. Não se trata de tantos atletas disponíveis, temos. Mas não temos testes suficiente. A Federação parece que irá punir o Gavião por não comparecer no jogo e vamos entrar com ação contra a Federação e contra o Del Filho, diretor de competições, por ser negligente contra a saúde em meio a um surto mundial", concluiu.

Veja também!

Pará confirma 3ª onda da Covid-19 e fará testagem em massa

Carnaval do Rio é adiado para o feriado de Tiradentes

Veja quem deve fazer o cadastro no programa "Recomeçar"

Entretanto, a Federação Paraense de Futebol (FPF), acatou o pedido da diretoria do Clube do Remo, que não aceita o novo adiamento do confronto e exige que a partida ocorra neste domingo (23), às 09h30, no Estádio Evandro Almeida. O presidente Fabio Bentes afirma: "O regulamento não prevê adiamento do jogo. Eles (Gavião) têm 31 atletas inscritos e só tem 4 jogadoras com covid. O mínimo é ter 13 disponível", disse o mandatário remista. 

Além do mais, por meio de nota, o Clube do Remo relata: "A diretoria do Clube do Remo informa que após contato com a Federação Paraense de Futebol (FPF) a final deste domingo (23) do Campeonato Paraense de Futebol Feminino entre Remo e Gavião Kykatejê está mantida para às 9h30, no Banpará Baenão. O Leão Azul conta com o apoio de sua imensa torcida para conquistar esse importante título. Os ingressos seguem disponíveis normalmente nos pontos de venda divulgados", informou.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS