DOL Carajás
Notícias / Polícia
SÃO FELIX DO XINGU

Polícia procura suspeito de ter matado colono na zona rural

O motivo do crime ainda foi esclarecido e a polícia tem poucas informações sobre o caso

terça-feira, 02/11/2021, 15:59 - Atualizado em 02/11/2021, 16:45 - Autor: Dinho Santos de Redenção


De acordo com informações de moradores da região onde ocorreu o crime, o suspeito de ter cometido o assassinato é o colono Elesandro Aguiar
De acordo com informações de moradores da região onde ocorreu o crime, o suspeito de ter cometido o assassinato é o colono Elesandro Aguiar | Divulgação

As Polícias Civil e Militar da cidade de São Felix do Xingu, no sul do Pará, está a procura de um homem acusado de ter praticado um assassinato na região da Vila Taboca, distante a cerca de 100 km da sede do município. 

De acordo com informações de moradores da região onde ocorreu o crime, o suspeito de ter cometido o assassinato é o colono Elesandro Aguiar, que teria disparado um tiro de espingarda contra o agricultor Josias Ferreira. 

O motivo do crime ainda foi esclarecido e a polícia tem poucas informações sobre o caso. As poucas informações vieram por meio de vizinhos da vítima que disseram que o crime pode ter sido praticado na última segunda-feira (25), mas o corpo só foi encontrado quatro dias depois do ocorrido, por populares que sentiram falta do agricultor. 

Veja também!

Acusada de ser mandante da morte de joalheiro volta à prisão

Homem é assassinado com facada no peito

Preso após tentativa de assalto a distribuidora de bebidas

Ainda de acordo com o relato de vizinhos, a vítima teria sido morta quando tomava banho em um córrego às proximidades da residência. Após o crime o suspeito teria fugido do local. 

 

O motivo do crime contra o agricultor Josias Ferreira ainda foi esclarecido e a polícia tem poucas informações sobre o caso
O motivo do crime contra o agricultor Josias Ferreira ainda foi esclarecido e a polícia tem poucas informações sobre o caso | Divulgação
 

A polícia procura pelo Elesandro  Aguiar e informa que quem souber de qualquer informação que possa levar ao paradeiro do suspeito que informe a polícia (190) ou ao Disque Denúncia Sudeste do Pará (94) 8198-3350 e (94) 3312-3350, além do aplicativo que pode ser baixado aqui.

Tanto a Polícia quanto o Disque Denúncia garantem que a identidade do autor da informação será mantida em absoluto sigilo. 


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS