DOL Carajás
Notícias / Polícia
INVESTIGAÇÃO CONCLUÍDA

Jovem foi empurrada por padrasto em cima de vaso quebrado

Polícia de Itupiranga divulga boletim explicando o que realmente aconteceu momentos antes da morte da jovem Tainá Lima dos Santos

terça-feira, 30/11/2021, 18:33 - Atualizado em 30/11/2021, 18:33 - Autor: DOL Carajás


Tainá Lima dos Santos, de 17 anos morreu com os cortes sofridos ao ser empurrada em cima do vaso sanitário quebrado
Tainá Lima dos Santos, de 17 anos morreu com os cortes sofridos ao ser empurrada em cima do vaso sanitário quebrado | Reprodução Rede Social

A Polícia Civil agiu rápido e conseguiu desvendar a morte da jovem Tainá Lima dos Santos, de 17 anos, que aconteceu nesta segunda-feira (29) no Bairro Vitória em Itupiranga, município vizinho a Marabá. A jovem morreu dentro do banheiro da família na madrugada após diversas versões contraditórias do acontecimento. 

De acordo com as informações colhidas no local do crime, Tainá Santos era usuária de drogas. As versões iniciais sobre o crime não envolviam o marido da mãe da adolescente, Gilberto Silva. O crime só teria sido comunicado à Polícia Civil horas depois. A primeira versão relatava que a jovem teria depredado o banheiro e cortado os pulsos. A segunda versão indicava que a garota teria entrado em luta corporal com a mãe e teria sido esfaqueada.

De acordo com a Polícia Militar, não houve testemunhas, pois quando o padrasto da adolescente chegou ao banheiro, ela já estaria morta. A jovem perdeu muito sangue e foi a óbito. Os ferimentos atingiram o baço e coração da garota.

Durante o depoimento do padrasto, Gilberto Silva, ele ficou preso, suspeito do crime de lesão corporal seguida de morte. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal de (IML) de Marabá, onde passou por perícia médica e foi trasladado para Itupiranga.

Veja também:

Integrante do Comando Vermelho é morto durante perseguição

Vídeo: Homem baleado é encontrado pela PM e socorrido

Homem mata desafeto e depois é linchado pela população

Mas segundo o boletim divulgado pela Delegacia de Itupiranga à 10ª Risp Carajás - Superintendência Regional do Sudeste do Pará nesta terça-feira (30), nenhum desses casos relatados é a verdade. O que aconteceu na realidade foi que após chegarem os três, filha, mãe e padrasto, "embriagados de festas diferentes na madrugada do dia 29, foi iniciada uma discussão por motivo irrisório, o que culminou em brigas entre mãe e filha", declara o boletim.

 

A jovem perdeu muito sangue e foi a óbito. Os ferimentos atingiram o baço e coração da garota.
A jovem perdeu muito sangue e foi a óbito. Os ferimentos atingiram o baço e coração da garota. | Reprodução PM
 

"Entre xingamentos e puxões de cabelos, Tainá empurra sua mãe, Maria Ferreira Lima, por sobre o vaso sanitário, quebrando-o e deixando-a desmaiada ao chão. Enquanto tentava acordá-la, Tainá passa a sofrer com empurrões e socos de seu padrasto, até que é jogada de encontro à porcelana quebrada e se lesiona gravemente, evoluindo a óbito no Hospital", declara a nota.

Tainá Santos era natural da cidade de Eldorado dos Carajás. Gilberto Silva continua preso e vai responder pelo crime de " Lesão Corporal seguida de Morte". (Com apoio de James Oliveira e informações de Debate Carajás e Delegacia de Itupiranga)


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS