DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
CACHAÇA BRABA

Bebedeira termina em briga com facada, morte e prisão  

Vítima ainda chegou a ser socorrida, mas morreu em frente ao posto de saúde. Caso foi para na delegacia.

quarta-feira, 09/03/2022, 19:08 - Atualizado em 09/03/2022, 19:08 - Autor: Alessandra Gonçalves

Google News

Vítima foi assassinada com várias facadas
Vítima foi assassinada com várias facadas | Reprodução

Uma bebedeira ocorrida na madrugada desta quarta-feira (9), em uma pequena vila no sudeste do Pará terminou em morte e prisão.  

Três homens ingeriam bebida alcoólica na Vila Bandeirantes, na zona rural de Itupiranga, quando teria ocorrido um desentendimento.

Armado com uma faca, Ricardo Henrique Barbosa desferiu vários golpes contra o colega Francisco Vieira das Chagas, o qual chegou a ser levado na carroceria de uma caminhonete até o posto de saúde da Vila Cruzeiro do Sul, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Segundo a Polícia Militar, a guarnição foi acionada por populares, por volta de 3h30, dando conta de que havia uma pessoa ferida no posto de saúde da vila.

Ao chegar ao local, os militares encontraram Leandro de Moraes Vinhal, que estava bebendo com a dupla e levou a vítima na carroceria da caminhonete dele ao posto de saúde. 

Os policiais contaram que Francisco estava com vida na carroceria do veículo e apresentando múltiplos ferimentos de faca pelo corpo.  

A testemunha contou que estava na bebedeira com os colegas, mas acabou cochilando. Só acordou com barulho da briga entre Ricardo e Francisco. Após isso todos se dirigiram ao posto de saúde para procurar socorro. Mas, Francisco acabou morrendo ainda em frente à unidade médica. 

 

Ricardo foi preso em flagrante pela Polícia Militar, após matar o colega
Ricardo foi preso em flagrante pela Polícia Militar, após matar o colega | Divulgação
 

Em vídeo divulgado nas redes sociais, Ricardo aparece bastante alterado e confessando o assassinato. “Vou ser preso agorinha, mas que eu matei, eu matei”, disse o homem sem revelar o que teria motivado o crime.   

Veja também:

Morre acusado de envolvimento na morte de ex-prefeito

Ateou fogo na casa da ex e queria queimar a casa da mãe

Homem se masturba com bebê no colo e tio abusa de sobrinha

O acusado Ricardo e Leandro foram levados para a delegacia para que fossem tomados os procedimentos cabíveis. Enquanto o corpo de Francisco foi removido para o Instituto Médico Legal de Marabá, onde passou por necropsia. 


 


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)