plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 31°
cotação atual R$


home
MATOU COM PEDRADAS

Acusado de matar o próprio irmão é preso quase um ano depois

O foragido estava conversando com um grupo em um bairro de Parauaebas quando saiu correndo ao avistar a viatura policial. Interceptado, ele foi identificado como o irmão assassino.

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Acusado de matar o próprio irmão é preso quase um ano depois camera Gabriel Arcanjo de Sousa Filho, de 33 anos foi preso no sábado | Reprodução

No dia 29 de julho de 2023, um crime chamou a atenção da comunidade de Parauapebas no sudeste do Pará. O desentendimento entre dois irmãos levou à morte de um deles, morto com pedradas na cabeça pelo próprio parente. A vítima havia sido identificada como Daniel Silva de Sousa, de 42 anos, assassinado por seu irmão, Gabriel Arcanjo de Sousa Filho, de 33 anos.

Agora, quase um ano depois, o suspeito que estava foragido, foi preso. Gabriel Arcanjo foi capturado por uma guarnição da Guarda Municipal na tarde do último sábado (8), nas proximidades da Escola Irmã Laura, no bairro Bela Vista, em Parauapebas mesmo.

De acordo com a Guarda Municipal, os agentes estavam em rondas ostensivas pelo bairro e quando passaram no entorno da escola avistaram um grupo de pessoas conversando. Um deles, porém, ao ver a viatura começou a correr.

Veja também:

Os agentes então fizeram a abordagem e descobriram que se tratava se Gabriel Arcanjo, suspeito de ter matado o próprio irmão, Daniel Silva Sousa, no dia 29 de julho de 2023 no quintal da casa onde os dois moraram na Rua Igarapé, Bairro Águas Lindas, Complexo VS-10.

Na época do crime, moradores relataram que os irmãos se desentendiam com frequência. Após tirar a vida de Daniel, Gabriel teria ligado para outro irmão informando do caso e fugiu logo em seguida, desde então ele não tinha sido mais visto no bairro, visto que a casa onde moravam foi incendiada no dia seguinte ao ocorrido.

Segundo informação da polícia, Gabriel Arcanjo já respondia na justiça por outro homicídio e por ameaça contra uma mulher.

Agora, cumprido o mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal de Parauapebas, ele está à disposição da justiça.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Polícia

    Leia mais notícias de Polícia. Clique aqui!

    Últimas Notícias