Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
MAZZINI DESTACA

Reunião decide futuro do maior parque de diversões de SP

Confira este e outros destaques da coluna de Leandro Mazzini desta terça-feira (2).

terça-feira, 02/11/2021, 10:34 - Atualizado em 02/11/2021, 10:34 - Autor: Leandro Mazzini, Walmor Parente e Carolina Freitas


Futuro do Hopi Hari, que coloca em risco o emprego de 1,2 mil pessoas, está entre os destaques da coluna Esplanada.
Futuro do Hopi Hari, que coloca em risco o emprego de 1,2 mil pessoas, está entre os destaques da coluna Esplanada. | Divulgação

Os infiltrados 

Uma assembleia de acionistas marcada para amanhã para decidir o futuro do maior parque de diversões de São Paulo, o Hopi Hari, pode acabar na Justiça e prejudicar um plano de recuperação já bem visto pelos credores. Em risco, também, o emprego de 1,2 mil pessoas. Os donos do Hopi Hari conseguiram acordo para aporte bilionário para manter o complexo.  Mas um grupo concorrente que administra parques Beto Carrero e da Mônica entrou de última hora no páreo, sem habilitação, e tenta até ingerência dentro do BNDES – o maior credor – para derrubar o plano.  O que move os concorrentes nos trilhos dessa montanha russa foi a revelação de um acordo do Hopi com a Whitehall & Company LLC que envolve  R$ 2,8 bilhões. 

Emprego$

O montante garante a cobertura para credores como o BNDES, os empregos e novos investimentos no complexo que recebe mais de 26 mil pessoas por mês.

Essa turma.. 

A farra com querosene diminui, mas ainda há quem adore jatinho. Cinco senadores desembolsaram mais de R$ 68 mil, só em setembro, para abastecer aviões privados ou pagar táxi aéreo para voos pessoais e oficiais. Acir Gurgacz (PDT-RO) usou R$ 5 mil de verba pública; Cid Gomes (PDT-CE) pagou R$ 12 mil à North Star Taxi Aéreo; Jayme Campos (DEM-MT), R$ 8 mil para a Air BP Brasil.

..gosta de voar

Foram R$ 14 mil de Plínio Valério (PSDB-AM) para a Manaus Aerotáxi; A recordista, como citamos, é Eliane Nogueira (PP-PI), mais de R$ 28 mil no próprio avião. Os demais senadores viajaram em voos comerciais ou em seus veículos.

Olho neles  

A farra das pesquisas de intenção de votos fora do período eleitoral, sem necessidade de registro nos TRE’s e TSE, pode acabar nos próximos anos. Políticos de variados partidos estão incomodados com a falta de transparência sobre número de entrevistadores e em especial as cidades e bairros de entrevistas. 

Ocultos e blindados

“A utilização desse tipo de pesquisa fora do período é livre e fica a critério das instituições que assim desejem fazê-las”, informa o TSE à Coluna. Os dados coletados em sondagens – algumas sem critérios, patrocinadas por pessoas e empresas com interesses políticos – são divulgados sem possibilidade de contestação. 

Dói no bolso

No período eleitoral, as empresas que divulgarem pesquisa fraudulenta ou sem registro prévio das informações podem ter de pagar multas no valor de R$ 53.205 a R$ 106.410. 

MERCADO

Olheiros no saguão

Tradicional nas rodovias, a CCR decolou de vez. Além de administrar o Aeroporto de Confins até 2044 e vencer a licitação de Pampulha (dentro de BH), o grupo mira os terminais do Galeão e Santos Dumont (Rio), e o de Congonhas (SP). Todos são pistas com minas de ouro. A CCR tem enviado semanalmente olheiros para estes aeroportos. 

Insegura$ 

O roubo de cargas cresceu no Brasil. As reservas de sinistros somaram R$ 812,53 milhões de janeiro a agosto, contra R$ 510,36 milhões em 2020 – um aumento de 59,2%, de acordo com a FenSeg. Os dados envolvem também acidentes, mas o volume de prêmios em seguros arrecadados para o setor de transportes evidencia o atual cenário. 

Batom & Poder 

A Brasil Brokers, do setor imobiliário, investe na equidade de gênero no grupo, num segmento historicamente dominado por homens. As mulheres já ocupam 63% do quadro geral, 60% dos postos de liderança e 40% do quadro de corretores associados. 

Publi digital 

A publicidade no meio digital no Brasil tem investimento acumulado de R$ 36,9 bilhões – somando 2020 (R$ 23,7 Bi) com o 1º semestre de 2021 (R$ 13,2 bilhões). Os dados são do estudo “Digital AdSpend”, da Kantar Ibope Media para o IAB Brasil, associação que representa o mercado de publicidade digital no País.

Publi digital 2

Comparando o 1º semestre de 2020 com o deste ano, houve aumento de 25% na publicidade digital. E 79% das empresas associadas do IAB pretendem aumentar seus investimentos; 16% vão manter e apenas 5% diminuir. Entre as empresas que pretendem investir mais, 34% aumentarão de 11% a 20% os aportes.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS