plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 34°
cotação atual R$


home
COLUNA

Nome cotado para a chapa de Igor Normando é assunto do Bonna

Leia a coluna de Mauro Bonna desta quinta (25)

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Nome cotado para a chapa de Igor Normando é assunto do Bonna camera Igor Normando é pré-candidato à prefeitura de Belém | Divulgação

Voto

Cássio Andrade (PSB) está altamente cotado para vice na chapa de Igor Normando (MDB).

Ensino

Época de compras. Área de ensino superior prepara-se para nova onda de consolidação, onde grandes grupos incorporam instituições menores.

Online

Atualmente, no Brasil, há cerca de 4,1 milhões de alunos online no ensino superior. E 3,2 milhões no presencial.

Santarém

O Grupo Ser Educacional, dono da Unama, tem sete ações junto ao Supremo Tribunal Federal, com pedido de liminar, para operar cursos de Medicina, inclusive em Santarém.

Medicina

O Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos, fez proposta para comprar os cursos de Medicina da Estácio, no Pará.

Nome cotado para a chapa de Igor Normando é assunto do Bonna
📷 |Divulgação

“Tributo a Elvis” continua até sábado, no II Festival Musical do restaurante D’Italia, no shopping da Doca. Fabrizio Guaglianone, titular da casa, recepciona o cantor Hely Júnior, cover de Elvis.

Mais Médicos

Hoje, no Brasil, existem 32 mil vagas de Medicina nas instituições privadas e 9,7 mil, nas públicas. A nova edição do Mais Médicos planeja a abertura de outras 10 mil vagas.

Saúde

Nesta segunda, expira o prazo dado pela Unimed Belém para o descredenciamento dos três maiores laboratórios da cidade – Amaral Costa, Beneficente e Paulo Azevedo. Poderá haver acordo, até o último segundo. Enquanto isso, em ritmo de festa, os demais laboratórios incrementaram equipamentos e pessoal para recepcionar a grande demanda.

Petróleo

Jean Paul Prates, presidente da Petrobras, garante que a economia de combustíveis fósseis continuará a ser relevante nos próximos 40 anos. Com as atuais reservas, o Brasil sustenta a autossuficiência para os próximos 12 anos. O grande dilema: ou vamos explorar a Margem Equatorial ou voltamos a importar combustíveis de outros países.

Licença

Prates lembra que o atual pedido de licença é apenas de exploração perfuratória. Depois de dois anos, será descoberto o potencial comercial. Caso positivo, são, pelo menos, de seis a oito anos para começar a produção na Margem Equatorial.

Combustível

Raízen e Vibra inauguraram nova base de distribuição de combustíveis em Santarém. O terminal deve movimentar dois bilhões de litros, por ano. Com aproximadamente 120 milhões de litros de capacidade, a nova base tem conexão com navios e barcaças que farão distribuição pelos rios Amazonas e Tapajós. Até o final de 2025, haverá novas entregas para atender o entorno da BR-163.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Mauro Bonna

    Leia mais notícias de Mauro Bonna. Clique aqui!

    Últimas Notícias