Diário Online
REPÓRTER DIÁRIO

Helder convida Úrsula Vidal para entrar no MDB

O convite do governador, caso aceito, colocará Úrsula no rol das prioridades do partido.

domingo, 20/03/2022, 06:37 - Atualizado em 20/03/2022, 06:37 - Autor: Coluna Repórter Diário / Diário do Pará

Google News

A secretária de Cultura, Úrsula Vidal, apoia tanto a reeleição de Helder quanto a eleição do ex-presidente Lula.
A secretária de Cultura, Úrsula Vidal, apoia tanto a reeleição de Helder quanto a eleição do ex-presidente Lula. | Divulgação

Funcionários da UPA Daniel Berg, situada no bairro do Icuí Guajará, em Ananindeua, denunciam em relatório de 13 páginas a prática de assédio moral por parte da diretora, Suzi Baía. Médicos, enfermeiros e técnicos notificaram o Sindicato dos Médicos do Pará (Sindmepa), que prometeu apurar e denunciar os fatos às autoridades policiais e de saúde, além do Ministério Público do Estado. Até policiais teriam sido chamados pela diretora para atuar dentro da UPA, vigiando os passos dos servidores e fazendo rondas nas áreas de repouso de médicos e enfermeiros, gerando constrangimento e revolta.

CONVITE

O governador Helder Barbalho convidou a secretária de Cultura, Úrsula Vidal, para compor a chapa federal do MDB. Uma das fundadoras da Rede Sustentabilidade, Úrsula é pré-candidata ao Senado, liderando as enquetes na capital. A permanência de seu nome na disputa poderia levar a uma divisão no eleitorado progressista, já que o PT lançou para a vaga o nome do deputado Beto Faro, que, como Úrsula, apoia tanto a reeleição de Helder quanto a eleição do ex-presidente Lula. O convite do governador, caso aceito, colocará Úrsula no rol das prioridades do partido.

AFINAÇÃO

Uma reunião rara da esquerda paraense em torno de bandeiras comuns. Foi o que se viu, na sexta-feira à noite, na sede do Rancho Não Posso me Amofiná, ao som de samba e carimbó. A Caravana da Esperança juntou cerca de 2 mil pessoas, que aplaudiram as falas de apoio à reeleição de Helder e à eleição de Lula. Revezaram-se nos discursos os petistas Beto Faro, Airton Faleiro, Dilvanda Faro, Carmem Foro, Ana Julia Carepa, Edson Junior, Pedro Soares e Bia Caminha, além do presidente do PCdoB no Pará, Jorge Panzera, e da vereadora do PSOL, Lívia Duarte.

INCÔMODO

Vereadores discutem nos corredores da Câmara Municipal de Belém se derrubam o veto do chefe do Executivo ao projeto que corrige monetariamente o subsídio do prefeito e dos vereadores. O veto é do ex-prefeito Zenaldo Coutinho, que decidiu deixar essa bomba de efeito retardado ao perceber que não elegeria seu sucessor. Até vereadores de esquerda alegam que é necessário reajustar o subsídio devido à defasagem monetária. Outros apoiam a derrubada do veto, mas receiam a impopularidade da medida. Com isso, a decisão deverá ser postergada.

INQUÉRITO

Na última quinta-feira, 17, o promotor militar Armando Brasil instaurou procedimento criminal para apurar a conduta de policiais militares em ação na cidade de Ponta de Pedras. Há duas semanas, os soldados abordaram um empresário que portava ilegalmente uma pistola 380mm. Ao invés de conduzi-lo à Dpol, os PMs teriam exigido propina para liberá-lo. O empresário se recusou e comunicou o fato à Corregedoria da PM e à Promotoria Militar, que instaurou inquérito para apurar a ocorrência.

EMPREENDEDORISMO

O programa Centelha-Pará vai investir R$ 4,3 milhões, sendo R$ 1,3 milhão em bolsas de estudo e R$ 3 milhões em subvenção econômica. O mais relevante desse processo, segundo o presidente da Fapespa, Marcel Botelho, é que no total o governo do Estado destina ao “ecossistema de empreendedorismo” a quantia de R$ 23 milhões. Essa verba está relacionada ao lançamento das edições do Startup Pará, Bônus Tecnológico e Inova Amazônia e outras iniciativas do governo estadual.

PÓDIO

Nas unidades de conservação (UCs) federais da Amazônia, grandes empresas também estão por trás de vultosos desmatamentos e outras ações responsáveis por destruir a floresta. Salobo Metais, Energia Sustentável do Brasil (ESBR) e Florapac são as campeãs em multas aplicadas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), somando R$ 130,8 milhões. A Salobo é ligada à Vale, a ESBR é concessionária da Usina Hidrelétrica de Jirau, e a Floraplac integra o grupo Concrem, gigante do setor madeireiro na Amazônia.

PREMIAÇÃO

As fábricas da Alubar no Brasil conquistaram, pela primeira vez, a certificação de Rotulagem Ambiental, concedida pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O selo garante aos clientes da empresa mais confiabilidade sobre o rigor ambiental, ecoeficiência e sustentabilidade adotados na fabricação de cabos elétricos em Barcarena e Montenegro (RS). A rotulagem ambiental é uma iniciativa conectada aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) do Pacto Global das Nações Unidas, do qual a empresa é signatária desde 2017.

LEILÃO

A Justiça do Trabalho da 8ª Região realiza no próximo dia 29 de março o primeiro Leilão Unificado de 2022 das Varas do Trabalho de Belém e Ananindeua. Serão leiloados mais de 160 bens entre carros, apartamentos, terrenos, material para estamparia, aparelhos de ar-condicionado, óculos, relógios e outros em cumprimento ao calendário da Central de Execução e estão previstos a cada dois meses do ano. Os leilões extraordinários podem ser realizados, ou alterado o nosso calendário, para atender determinações do CNJ e CSJT nas semanas de Conciliação e Execução.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS