Diário Online
Comercial
CONTEÚDO DE MARCA

HSM será o 1° do Norte a fazer transplante de medula óssea

O Hospital participou de uma criteriosa adequação e se tornou credenciado pelo Ministério da Saúde e pela Central Nacional de Transplantes a ser o primeiro do Norte do país a realizar esse tipo de procedimento.

quarta-feira, 18/05/2022, 15:41 - Atualizado em 18/05/2022, 15:39 - Autor: DOL

Google News

Imagem ilustrativa da notícia: HSM será o 1° do Norte a fazer transplante de medula óssea
| HSM

Só no Pará, cerca de 500 pessoas aguardam um transplante de medula óssea. Vidas de indivíduos e famílias inteiras que esperam para realizar o procedimento e terem as vidas salvas. Todas essas pessoas ganharam uma boa notícia.

O Hospital HSM foi credenciado pelo Ministério da Saúde e pela Central Nacional de Transplantes e se tornou o primeiro hospital do Norte do Brasil a ser autorizado a realizar o transplante de medula óssea, procedimento indicado a pacientes com doenças de sangue, como leucemia, linfomas e alguns tipos de anemia.

Conhecida popularmente como tutano, a medula óssea é um tecido líquido localizado no interior dos ossos, onde são produzidos componentes do sangue, sendo imprescindível para a vida.

Para poder realizar esse tipo de transplante, o HSM passou por uma criteriosa adequação, com a aquisição de vários equipamentos de tecnologia avançada, dois andares do hospital sendo adequados para os procedimentos e um longo treinamento médico para a equipe.

O HSM é um hospital de alta complexidade com um moderno Centro de Medicina Diagnóstica, o HSM Diagnóstico, onde funciona um Centro Oncológico com equipamentos avançados para o tratamento de câncer, com Radioterapia com IMRT (Intensidade Modulada de Feixe), Braquiterapia, Quimioterapia e cirurgias.

O HSM ainda recebeu recentemente a Acreditação Canadense, pelo Canadian Council for Health Services Accreditation (CCHSA), na categoria Diamante, a mais alta acreditação concedida a um hospital das Américas, junta com a Joint Commission International, dos Estados Unidos.

Com o novo procedimento, o HSM passa a salvar mais vidas e dar esperança a diversas famílias. As células sadias da medula óssea podem ser obitidas de um doador ou do sangue de cordão umbilical.


0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários