Diário Online
Dino
Dino

As fintechs avançam na região incluindo todos os métodos de pagamento integrados

segunda-feira, 22/11/2021, 06:34 - Atualizado em 24/11/2021, 20:03 - Autor: DINO



O segmento fintech continua em alta na América Latina e a região se posicionou como um dos mercados mais atraentes do mundo. "O Brasil, com um sistema bancário muito bem consolidado, porém caro, e uma população com pouca educação financeira, fomentou o ambiente propício para a evolução das fintech e se tornou um dos maiores mercados consumidores do mundo", aponta o relatório do Fintech Mining Report 2021. 

O estudo mapeou mais de mil fintech que estão revolucionando o setor financeiro do país. Ainda assim, o papel que estas startups têm na vida presente e futura de cada cidadão pode aumentar conforme elas amadurecem e atendem aos consumidores de seus produtos e serviços. Os desafios não são nada simples.

De olhos nessas demandas foi que a Inswitch, empresa especializada em tecnologia financeira integrada que ajuda às organizações de qualquer setor a implementar rapidamente serviços financeiros digitais, continua se consolidando no mercado brasileiro com menos de dois anos de atuação local e espera ultrapassar um milhão de transações até 2022. Recentemente, a empresa redefiniu seus produtos e soluções para uma única plataforma Fintech-as-a-Service, evoluindo de um modelo tradicional para um escalável na nuvem, com facilidades para qualquer organização se transformar em fintech e oferecer serviços financeiros.

Para Ronald Alvarenga, CEO da Inswitch, "o mercado brasileiro é um dos principais focos da empresa, estamos liderando uma transformação que, além de inevitável, se acelerou no último ano. Só no Brasil, o número de compradores online aumentou 25% em 2020. No nível local, por exemplo, oferecemos aos nossos clientes a capacidade de serem um beneficiário dinâmico no pagamento de contas que garanta maior fluidez na operação e maior segurança para o pagador”.

De acordo com o estudo, diversas oportunidades surgem às fintechs no futuro próximo com o Open Banking e o Pix. Aliás, a pandemia acelerou a digitalização dos meios de pagamentos, o que contribuiu para a inclusão de uma parcela desbancarizada, e popularizou o uso de ferramentas digitais, aquecendo o setor.

A Inswitch procura resolver problemas presentes a nível regional como a existência de sistemas legacy, que não permitem escalonamento; também resolve a fragmentação na utilização de pagamentos locais e internacionais e a oferta limitada de soluções aos clientes como motores para melhorar a experiência com os seus clientes usuários.

Para os próximos anos, os avanços tecnológicos e novas formas de pensar devem mudar o setor financeiro consideravelmente no Brasil e no mundo. Entre as tendências que aparecem a este futuro pouco visível no momento estão segurança, e-commerce, criptomoedas, tokens e educação, entre outros.

 



Website:

https://www.inswitch.com/
Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS