Diário Online
Dino
Dino

Usina Coruripe adota solução LTE privado Furukawa para avançar rumo ao Agro 4.0

quarta-feira, 23/03/2022, 12:23 - Atualizado em 25/03/2022, 08:15 - Autor: DINO

Google News

Equipamentos e máquinas com tecnologia de ponta, modernos sistemas de irrigação, processos inovadores e investimento em pesquisa e desenvolvimento fazem da Usina Coruripe uma das maiores produtoras do setor sucroenergético do Brasil - com capacidade de processamento de 15 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano. Para avançar ainda mais em direção à Agricultura 4.0, a usina detectou a necessidade de conectividade e, com esse objetivo, buscou a solução de LTE privado da Furukawa, que permite a implantação de redes sem fio multisserviços em áreas rurais - e grandes áreas em geral - utilizando tecnologia LTE na frequência de 250 MHz.

"Avaliamos várias alternativas de conectividade até conhecer a solução da Furukawa", conta Ledir Antunes Malaquias, coordenador na área de infraestrutura da Usina Coruripe. "Começamos fazendo uma prova de conceito (PoC) na unidade de Iturama, em Minas Gerais, e tivemos resultados muito bons, o que nos motivou a ampliar a experiência para outras unidades", acrescenta.

A PoC foi realizada em duas das quatro unidades da usina em Minas Gerais, entre fevereiro e julho de 2021, utilizando aplicações de controle agrícola. Em abril, a experiência foi iniciada em Coruripe, município de Alagoas onde fica a sede do grupo. Nesse caso, foi utilizada uma aplicação de controle de irrigação que envolve o acionamento e monitoramento remoto de sistemas e bombas.

"A transmissão de dados em tempo real deu mais agilidade às decisões, ao permitir o acompanhamento mais eficiente do que está acontecendo em campo", destaca Dumont Freitas Dutra Júnior, supervisor de controle agrícola da Usina Coruripe. "É possível, por exemplo, efetuar dinâmicas para melhorar o abastecimento de cana nas indústrias, otimizando o desempenho dos equipamentos no campo. Com a conexão, conseguimos diminuir o tempo de manutenção, acompanhar em tempo real o status das máquinas e qual a necessidade, caso haja indicação de um equipamento parado. Essa agilidade nas decisões se reflete em maior produtividade, melhor planejamento da produção e na diminuição dos deslocamentos de pessoas até o campo para buscar informações ou verificar eventuais problemas", explica.

Neste ano, a safra da cana-de-açúcar na Usina Coruripe Polo MG - que tem o início programado para abril - contará com o apoio da solução LTE privado da Furukawa. Segundo Ledir Malaquias, a rede já está implantada em três usinas localizadas no Triângulo Mineiro - Iturama, Limeira d’Oeste e Carneirinho -, atendendo uma área de 55 mil hectares. Neste mês de março, será a vez da unidade de Coruripe implantar sua rede banda larga privada, que irá atender 35 mil hectares de área. Toda a implantação do projeto está sendo feita em parceria com o Grupo Ferrante.

"São 80 pontos de acesso em Minas Gerais e 30 pontos em Alagoas", acrescenta Malaquias. "Esses pontos são equipamentos como notebooks, tablets, computadores de bordo nas máquinas agrícolas, celulares Android, entre outros, conectados à rede e transmitindo uma série de informações do campo", enfatiza. A conectividade também permite o acesso aos sistemas corporativos pelo pessoal que está no campo, bem como a atualização de mapas de linhas de plantio ou de colheita direto de tratores autônomos ou outros equipamentos agrícolas.

Para atender os 55 mil hectares de área em Minas Gerais, a Furukawa instalou três torres (uma por unidade da usina) com conjuntos de equipamentos que incluem antena e eNodeB. "A solução LTE 250 MHz da Furukawa é de fácil instalação, baixa manutenção e, em condições ideais, oferece cobertura de até 100 km de raio e até 15 Mbps na ponta, o que permite ter múltiplos serviços na rede", afirma Daniel Blanco, gerente de Engenharia Inovação da Furukawa. Ele explica que o software responsável pelo controle da solução (EPC) pode ser embarcado na eNodeB, que tem capacidade para suportar até 10 mil terminais registrados e cem em comunicação simultânea.

Os terminais de usuário (UEs) da solução Furukawa possuem Wi-Fi e GPS integrados, duas portas seriais RS232 e porta Ethernet RJ-45. Assim como a eNodeB - com a qual se comunicam -, são equipamentos multisserviços e com design robusto, podendo ser utilizados em tratores, máquinas agrícolas e veículos diversos, integrados a sensores, medidores e gateways IoT, para a coleta de dados em campo. "O objetivo é atender às necessidades de conectividade em grandes áreas, com mobilidade e garantia de banda adequada para a transmissão simultânea de dados, voz e vídeo em tempo real", conclui Blanco.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS