Diário Online
SQUID GAME

Por que “Round 6” não recebeu o nome “jogo da lula”? 

Motivação política? A Netflix explicou o motivo para o nome da série no Brasil ser diferente dos outros países

quinta-feira, 07/10/2021, 22:04 - Atualizado em 07/10/2021, 22:04 - Autor: Leonardo Sanchez/Folhapress


Série é sucesso em todo o mundo, mas no Brasil o nome ganhou outra tradução
Série é sucesso em todo o mundo, mas no Brasil o nome ganhou outra tradução | Reprodução

As redes sociais não se conformam. Por que a série queridinha do momento, "Round6", recebeu esse nome no Brasil, sendo que seu título lá fora é "Squid Game", algo como "jogo da lula"?

Round 6 ganha paródia bem paraense. Vem ver!

Além dos Estados Unidos, foram vários os países que adotaram o nome em inglês, como Portugal, enquanto Espanha e França optaram por traduzi-lo de forma fidedigna, como "El Juego del Calamar" e "Le Jeu du Calmar", respectivamente. No original sul-coreano, "Ojingeo Geim" também equivale a "jogo da lula".

O nome faz menção a uma brincadeira de criança que é explicada nos primeiros minutos da trama da Netflix. Os jogos, afinal, são parte importante da premissa da série, que põe seus personagens para participarem de atividades que remetem à infância, como cabo de guerra -só que, nesse caso, quem perde ou é eliminado acaba morrendo.

Internautas foram rápidos ao criar teorias para justificar a mudança do título por aqui. A que mais se popularizou foi a que diz que a decisão teria motivação política, e se deve à inevitável associação que seria feita entre a palavra lula e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato à Presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores.

 

|
 


O que pouca gente sabe, no entanto, é que o primeiro nome recebido pela obra, mesmo internacionalmente, foi "Round 6". Esse era seu "working title", termo usado na indústria cinematográfica e televisiva para designar o nome provisório de um projeto que ainda está em desenvolvimento. Ou seja, antes mesmo de inventarem o título "Squid Game", a série já era conhecida como "Round 6".

Foi dessa forma, por exemplo, que a Netflix anunciou, há dois anos, que estava trabalhando com o cineasta sul-coreano Hwang Dong-hyuk numa nova série, batizada, então, de "Round 6".

Procurada, a Netflix diz que a decisão de não se prender ao título estrangeiro se deve a questões regionais e à percepção de que, no Brasil, o título que cairia melhor e que seria mais facilmente lembrado pelo público seria "Round 6", por evocar de forma mais clara a cultura gamer -até porque, no país, não há uma brincadeira equivalente ao jogo da lula da Coreia do Sul.

Se o problema fosse a palavra "lula", uma saída seria simplesmente usar o título "Squid Game", como fizeram Portugal e tantos outros países, excluindo, de vez, o molusco marinho do título.

"Round 6" estreou no dia 17 de setembro e caminha para se tornar a série mais vista da Netflix, podendo ultrapassar "Bridgerton", antiga recordista, no futuro breve. Na trama, acompanhamos um homem sul-coreano viciado em apostas e que acumula uma dívida que jamais poderia pagar.

Diante da possibilidade de não ver mais a filha e também da precária situação de saúde de sua mãe, ele resolve se candidatar a um jogo macabro, arquitetado por bilionários, que consiste em pôr pessoas comuns para disputarem seis jogos -daí "Round 6"- até que um vencedor seja eleito, levando como prêmio uma grande quantia em dinheiro. O problema é que os desafios envolvem matar quem perde ou é eliminado.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS