Diário Online
FLOR DE GUME

Literatura: escritora paraense ganha o Prêmio Jabuti

Autora santarena Monique Malcher foi anunciada vencedora na noite desta quinta (25)

quinta-feira, 25/11/2021, 19:54 - Atualizado em 25/11/2021, 20:28 - Autor: DOL


Monique Malcher e o premiado Flor de Gume
Monique Malcher e o premiado Flor de Gume | Reprodução Instagram

Após meio século, uma escritora paraense volta a ser premiada em um dos mais importantes prêmios da literatura nacional. "Flor de Gume", da santarena Monique Malcher, foi o vencedor da 63ª edição do Prêmio Jabuti na categoria Conto.

Escritores paraenses são indicados a Prêmio Jabuti

A premiação ocorreu esta quinta-feira (25). A última paraense a ganhar a honraria foi Olga Savary, que venceu em 1971 e morreu em 2020 por complicações da Covid-19. 

Monique Malcher escreve desde os 10 anos de forma consistente. A autora paraense é considerada uma autodidata e ficou conhecida por vender seus próprios livros na rua e em coletivos.

Ela também foi repórter do caderno Você, do DIÁRIO, em 2015.

"Flor de Gume" trata de temas que rodeiam o mundo feminino como alienação parental, violência doméstica e abuso sexual.

A obra literária conta com 37 contos que reúne histórias das mulheres da vida de Monique como mãe e avós, mas também de mulheres diversas com quem cruzou em sua existência, como quando trabalhou com vítimas de violência doméstica, quando ainda exercia o jornalismo.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS