LUTO

No Dia do Riso, "Epaminondas Gustavo" nos deixou chorando

Por ironia do destino, dia 18 de janeiro é o Dia do Riso

segunda-feira, 18/01/2021, 18:39 - Atualizado em 18/01/2021, 18:43 - Autor: Redação


Imagem ilustrativa da notícia: No Dia do Riso, "Epaminondas Gustavo" nos deixou chorando
| Reprodução

Quantas ironias a vida nos prepara, não é mesmo? Na manhã cinzenta desta segunda-feira, 18 de janeiro, quando se é comemorado o Dia do Riso, uma notícia paradoxal ao que se deveria ser comemorado. Uma das figuras mais icônicas do estado do Pará e da região Norte nos deixou chorando de tristeza, mais uma vítima da covid-19.

O juiz Cláuido Rendeiro, que ficou famoso na pele do personagem Epaminondas Gustavo, fez sucesso ao interpretar um típico morador do interior paraense, mais especificamente de Cametá. Seu linguajar continha gírias e expressões comuns da região e sempre nos lembravam de alguém.

De tantas mortes de pessoas famosas que tivemos que enfrentar durante a pandemia, parece que a de Epaminondas deixou uma tristeza a mais. Junto com seus áudios e vídeos que sempre nos fazem gargalhar, nos lembraremos de pessoas queridas que também gostavam do “Sumano” e que hoje estão junto a ele.

Nunca mais teremos os novos áudios sobre o “Natar”, o Círio, o amigo invisível, e tantos outros que nos fazem dobrar de tanto rir. Mas, com certeza, por muitos anos, seu trabalho ainda continuará a trazer alegria para a vida das pessoas. E que coisa boa, partir daqui e deixar “apenas” alegria, né? Não é para qualquer um!

Que nosso querido Cláudio Rendeiro agora possa estar em paz!

Veja mais:

Familiares, amigos e autoridades se despedem de Claudio Rendeiro, o "Epaminondas" 

Juiz, humorista e paraense apaixonado. Veja alguns momentos da atuação de "Epaminondas Gustavo!"


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS