EM FERNANDO DE NORONHA

Advogada negra acusa Sonza de racismo e diz ter levado tapa

A confusão ocorreu em uma pousada em Fernando de Noronha. A vítima diz que a cantora pediu um copo de água a ela em tom ríspido e, na sequência, teria agredido a mulher. As informações são do colunista Ancelmo Gois, de O Globo.

domingo, 15/08/2021, 14:53 - Atualizado em 15/08/2021, 17:21 - Autor: Portal Metrópoles


A cantora teria confundido a advogada com uma funcionária
A cantora teria confundido a advogada com uma funcionária | Reprodução

A cantora Luísa Sonza está sendo alvo de processo por racismo movido pela advogada Isabel Macedo de Jesus. De acordo com a acusação, o episódio ocorreu durante estadia da advogada na pousada Zé Maria, em Fernando de Noronha, em 2018.

A advogada afirmou que juntou dinheiro por um ano para passar o aniversário no local e, durante um festival gastronômico, foi abordada pela cantora que fazia um show e lhe pediu água em tom ríspido após lhe dar um tapa.

Luísa Sonza posa na privada e fãs comentam: “sem noção”

Ela pede R$ 10 mil de indenização. A defesa da cantora diz que a advogada inventou a história para obter dinheiro e fama. As informações são do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS