Diário Online
TRAGÉDIA

PC confirma que avião de Marília Mendonça bateu em fiação 

A polícia ouviu um piloto que estava 20 minutos atrás da aeronave comandada por Geraldo Martins

quinta-feira, 25/11/2021, 19:31 - Atualizado em 25/11/2021, 19:51 - Autor: Com informações do BHAZ


Avião que levava a cantora e mais quatro pessoas
Avião que levava a cantora e mais quatro pessoas | Reprodução

A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou o que algumas testemunhas do acidente envolvendo o avião que levava a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas já haviam relatado. O avião caiu a aproximadamente um minuto do local onde deveria pousar, após colidir com uma rede de fios da Companhia de Eletricidade de Minas Gerais (CEMIG).

Paraense que viralizou cantando Marília Mendonça fará show

A PC segue investigando as causas do acidente aéreo em Piedade do Caratinga, no interior de Minas, há 20 dias. Em entrevista coletiva realizada na tarde de hoje (25), a instituição disse que o avião estava a cerca de um minuto do pouso quando a tragédia aconteceu.

A polícia ouviu um piloto que estava 20 minutos atrás da aeronave comandada por Geraldo Martins de Medeiros, de 56 anos. Os dois teriam se comunicado por rádio minutos antes do acidente e, em nenhum momento, Geraldo se queixou de problemas na aeronave.

“O que chama a atenção é que, em um determinado momento, ele usou uma expressão que os pilotos usam muito aqui, que é que ‘o piloto já estava na perna do vento da 02’. O que significa isso? Que ele já estava em procedimento de pouso”, explica o delegado.

“A estimativa era que o piloto estava a um minuto ou um minuto e meio do pouso quando, infelizmente, parece ter se chocado com a rede de transmissão da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais). Logo depois, o piloto que vinha de Viçosa pousou normalmente”, acrescenta o delegado.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS