Diário Online
VEJA A FOTO!

Modelo pode ser presa por posar sem roupa em árvore sagrada

Se culpada, ela ficar custodiada por seis anos sob as leis locais de pornografia ou até mesmo multada em mais de 55 mil libras, equivalente a R$ 340 mil reais, na cotação atual.

sexta-feira, 06/05/2022, 17:14 - Atualizado em 06/05/2022, 17:13 - Autor: Com informações Istoé

Google News

Alina Yogi causou revolta e foi procurada pelas autoridades após foto polêmica.
Alina Yogi causou revolta e foi procurada pelas autoridades após foto polêmica. | Reprodução/ Instagram

A Indonésia, um dos países onde mais se busca a palavra 'sexo' na internet, criou um organismo especial para cumprir com todo rigor a lei contra a pornografia. Com o "tribunal", a justiça conseguiu, por exemplo, que a revista 'Playboy' fechasse sua edição local após pôr em circulação o sexto número sem que fosse publicada uma só foto de nudez.

O presidente indonésio, Susilo Bambang Yudhoyono, enfatizou que a lei é para ser cumprida e, na semana passada, anunciou que uma equipe especial do governo vai apurar a publicação impressa ou virtual de textos e imagens e investigar denúncias sobre comportamentos considerados obscenos. O país estabelece penas de até 15 anos de prisão e multas de US$ 218 mil a quem receber e publicar conteúdos eróticos nas redes sociais.

Essa semana, a modelo e influenciadora digital, Alina Yogi causou revolta e foi procurada pelas autoridades após compartilhar uma foto em que aparece completamente nua em uma árvore sagrada em Bali, na Indonésia.

 

Alina Yogi causou revolta e foi procurada pelas autoridades após foto polêmica.
Alina Yogi causou revolta e foi procurada pelas autoridades após foto polêmica. | Reprodução/ Instagram
  

Veja também:

Nas redes sociais, a influenciadora russa afirmou aos seguidores ter ido à delegacia explicar o ocorrido, mas corre o risco de ser presa ou deportada a qualquer momento.

Segundo o jornal, ela pode ser presa por seis anos sob as leis locais de pornografia ou até mesmo multada em mais de 55 mil libras, equivalente a R$ 340 mil reais, na cotação atual.

“Estou muito envergonhada, não queria ofendê-los de forma alguma, não tinha nenhum conhecimento sobre o local. Acabei de rezar debaixo da árvore e fui direto para a delegacia explicar esse incidente e pedir desculpas”, afirmou em uma publicação em seu Instagram.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS